Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Qualidade das silagens de genótipos de girassol (Helianthus annuus) confeiteiros e produtores de óleo / Quality of silages of sunflower genotypes (Helianthus annuus) confectioners and oil producers

Jayme, D. G; Gonçalves, L. C; Rodrigues, J. A. S; Pires, D. A. A; Guimarães Júnior, R; Rodriguez, N. M; Borges, I; Borges, A. L. C. C; Saliba, E. O. S; Jayme, C. G.
Arq. bras. med. vet. zootec; 59(5): 1287-1293, out. 2007. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-7138

Resumo

Avaliou-se a qualidade das silagens de três genótipos de girassol produtores de óleo (M742, IAC Uruguai e V2000) e três com sementes confeiteiras (Mycogen 93338, Victoria 807, Victoria 627). Os silos foram abertos após 56 dias de fermentação. Os menores valores de matéria seca observados foram para os genótipos Mycogen 93338 e V2000. Não foram observadas diferenças nos teores de proteína bruta entre cinco dos seis genótipos estudados. Com exceção do IAC Uruguai, os genótipos com sementes produtoras de óleo apresentaram valores de extrato etéreo mais altos que os confeiteiros. Os valores de fibra em detergente neutro variaram de 43,6 por cento a 55,8 por cento. Os menores teores de fibra em detergente ácido foram 33,2 por cento para o V2000 e 35,2 por cento para o Mycogen 93338. Não houve diferença (P>0,05) entre os valores obtidos para N-NH3/NT. O valor de pH médio das silagens foi de 4,51. Os maiores valores de digestibilidade in vitro da matéria seca foram 52,0 por cento para o V2000 e 54,5 por cento para o Mycogen 93338. As silagens dos genótipos confeiteiros e dos genótipos produtores de óleo foram classificadas como de boa qualidade para os parâmetros avaliados, o que demonstra o potencial do girassol como uma opção para produção de silagem na época da safrinha(AU)
Quality of Sunflower silage was determined using genotypes Mycogen, Victoria 807, Victoria 627, M742, IAC Uruguai, V2000. The silos were opened on the 56th day of fermentation. The lowest dry matter values were for the genotypes Mycogen 93338 and V2000. In relation to the CP values, differences were not observed among five of the six genotypes. The genotypes with oil producer seed showed highest ether extract values, which were different from the confectionary variety, except IAC Uruguai. The observed values of neutral detergent fiber varied from 43.6 percent to 55.8 percent. For the acid detergent fiber concentrations the genotypes V2000 with 33.2 percent and Mycogen with 35.2 percent showed the lowest values. Differences for N-NH3/TN values were not observed. The pH mean value of the silages was 4.51. The highest values of in vitro dry matter digestibility were obtained for the silages of the genotypes V2000 (51.2 percent) and Mycogen 93338 with 54.5 percent. The silages from confectionary variety as well as the silages of sunflowers oil producers were classified as good quality for the evaluated parameters, demonstrating the potential of the sunflower as an option for production of silage at the time of summer post-harvesting(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1