Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

SUTURES USING POLYGLACTIN 910 AND TITANIUM STAPLES: URINARY AND UROLITHOGENIC ASPECTS IN EXPERIMENTAL ILEOCYSTOPLASTIES IN DOGS / SUTURAS COM POLIGLACTINA 910 E GRAMPOS DE TITÂNIO: ASPECTOS URINÁRIOS E UROLITOGÊNICOS NA ILEOCISTOPLASTIA EXPERIMENTAL EM CÃES

Silva Uchôa, Gabriela; Ferreira Rodrigues, Danilo; Castro Abreu, Sidney; Cristina Borges, Naida; Vieira, Dirson; B. da Gama Filho, José; Margarida Paulo, Neusa.
Ci. Anim. bras.; 12(4): 733-741, 2011.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-713872

Resumo

Urinary disorders are an important finding in ileocystoplasty, especially uroliths and crystalluria, and partly related to the type of suture material involved in this procedure. The aim of this study was to determine whether there are differences in the formation of uroliths and urinary crystalloid after ileocystoplasty in dogs, performed by suturing with nonabsorbable titanium staples and suture with polyglactin 910, noting their impact on renal function and urinary changes in the constitution difference in surgical time. Twelve healthy dogs were used and divided into two groups. In each animal was selected a segment of terminal ileum for bladder augmentation. In group A the suture of the detubelized ileal segment to the bladder was made with polyglactin 910 and in group B and the suture was made with titanium clips. We observed the presence of struvite crystals in 11 animals and the formation of large amounts of mucus in urine in all of them. In conclusion, no significant differences between groups in the formation of urinary crystals and uroliths after surgery, group A showed longer duration of surgery and no evidence of change in renal function in both groups.KEYWORDS: Cystectomy; mechanical suture; sutures; urinary calculi.
Alterações urinárias são um importante achado nas ileocistoplastias, sobretudo os urólitos e a cristalúria, e em parte, estão relacionados ao tipo de material de sutura envolvido neste procedimento. O objetivo deste estudo foi verificar se existe diferença na formação de urólitos ou cristalóides urinários após ileocistoplastia em cães, realizadas por meio da sutura com grampos inabsorvíveis de titânio e sutura com poliglactina 910, observando o impacto destes na função renal, alterações na constituição urinária e a diferença de tempo cirúrgico. Foram utilizados 12 cães saudáveis distribuídos igualmente em dois grupos. Em cada animal foi selecionado um segmento de íleo terminal para ampliação vesical. No grupo A realizou-se a sutura do segmento ileal detubulizado na bexiga com fio de poliglactina 910 e no grupo B a sutura foi confeccionada com grampos de titânio. Observou-se a presença de cristais de estruvita em 11 animais e formação de grande quantidade de muco na urina em todos. Foi possível concluir que não houve diferenças significativas entre os grupos quanto à formação de cristais urinários e urólitos após o procedimento cirúrgico, o grupo A apresentou maior tempo cirúrgico e não houve evidências de alteração na função renal em ambos os grupos.PALAVRAS-CHAVE: cálculos vesicais; cistectomia; síntese; sutura mecânica.
Biblioteca responsável: BR68.1