Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Heterotic effect on performance and body measures of feedlot steers / Efeito heterótico sobre o desempenho e medidas corporais de novilhos confinados

Soares Machado, Diego; Luiz Brondani, Ivan; Celestino Alves Filho, Dari; Cattelam, Jonatas; Rodrigues Bonet de Quadros, Arlei; Santos da Silva, Viviane; dos Santos Cardoso, Gilmar; Borchate, Daniele.
R. Ci. agrovet.; 13(3): 284-292, 2014.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-714123

Resumo

The objective of this study was to evaluate the heterotic effect on performance and body measurements of Charolais (Ch) and Nellore (Ne) steers and crossbreeds from the fifth (21/32Ch 11/32Ne; 21/32Ne 11/32Ch) e sixth (43/64Ch 21/64Ne; 43/64Ne 21/64Ch) generation, feedlot finished. For initial weight, the heterotic effect was 45.9 and 39.1 kg in the fifth and sixth generation, and 41.6 and 38.1 kg for the fi nal weight, respectively, in the same order. For the average daily gain, the heterotic effect was significant in the fifth generation (0.18 kg). Heterotic effect was observed in the initial rump height in the fifth generation (6.14 cm), and in the fifth and sixth generation on final rump height, with values of 5.57 and 4.75 cm, respectively, taking into account the heterotic effect. In relation to withers height, the heterotic effect was significant on fifth and sixth generations for the initial measurement, 7.36 and 7.12 cm, respectively, and finally, 5.19 and 4.33 cm, in the same order, and on withers growth on sixth generation (-2,79 cm). For the initial length, the heterotic effect was 7.60 and 5.72 in the fifth and sixth generations, and negative in fifth (-5.29 cm) and sixth (-3.75 cm) generations for the length of growth. For thoracic perimeter, on initial measurement heterotic effect was observed on both generations, being 10.2 cm on the fifth and 8.05 on the sixth
Objetivou-se avaliar o efeito heterótico sobre o desempenho e medidas corporais de novilhos do cruzamento entre as raças Charolês (Ch) e Nelore (Ne) e cruzados entre essas raças de quinta (21/32Ch 11/32Ne; 21/32Ne 11/32Ch) e sexta (43/64Ch 21/64Ne; 43/64Ne 21/64Ch) gerações, terminados em confinamento. Para o peso inicial, o efeito heterótico foi de 45,9 e 39,1 kg na quinta e sexta gerações, respectivamente, e de 41,6 e 38,1 kg para o peso final, na quinta e sexta gerações, citados na mesma ordem. Para o ganho médio diário, o efeito heterótico foi significativo na quinta geração do cruzamento (0,18 kg). Houve efeito heterótico para a altura de cernelha inicial na quinta geração (6,14 cm), e na quinta e sexta gerações na medida final de altura de cernelha, com valores de 5,57 e 4,75 cm, respectivamente. Com relação à altura de garupa, o efeito heterótico foi significativo na quinta e sexta gerações para as medidas iniciais, 7,36 e 7,12 cm e final, 5,19 e 4,33 cm, respectivamente, citados na mesma ordem, e para ganho em altura de garupa na sexta geração (-2,79 cm). Para comprimento inicial, o efeito heterótico foi, respectivamente, de 7,60 e 5,72 cm na quinta e sexta gerações, e negativo na quinta (-5,29 cm) e na sexta (-3,75 cm) gerações para o ganho em comprimento. Para as mensurações do perímetro torácico, na medida inicial houve efeito heterótico em ambas as gerações avaliada
Biblioteca responsável: BR68.1