Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Infecção experimental por Salmonella enterica subespécie enterica sorotipo Panama e tentativa de transmissão aérea em leitões desmamados

C. I. H. MASSON, G.; F. O. S. CARVALHO, L.; G. OLIVEIRA, L.; N. A. F. IBRAHIM, I..
Ars Vet.; 26(3): 160-165, 2010.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-714630

Resumo

Organismos do gênero Salmonella spp são frequentemente isolados de suínos e muitos casos de salmonelose em humanos já foram descritos após o consumo de sua carne. Geralmente a doença cursa com diarréia, mas pode causar a morte decorrente à septicemia. Amostras colhidas em granjas de suínos e frigoríficos demonstram uma grande variedade de sorotipos, entretanto estudos epidemiológicos a respeito das vias de transmissão e infecção não estão totalmente esclarecidos haja vista as particularidades a cada sorotipo. Com o objetivo de se verificar a via de transmissão aérea para Salmonella enterica sorotipo Panama, realizou-se um estudo com o mínimo de risco de contaminação externa inoculando-se leitões mantidos em baias isoladoras. Foram utilizados seis leitões que constituíram respectivamente um grupo controle, um grupo sentinela e um grupo infectado após inoculação oral com Salmonella Panama resistente ao ácido nalídixico. Suabes retais, pool de fezes e amostras do fluxo de ar das baias foram coletadas diariamente durante 14 dias quando os animais foram eutanasiados e assepticamente necropsiados. Amostras de tecidos e suabes retais foram incubadas a 37C em Peptona tamponada por 24 horas e transferidas para o meio seletivo Rappaport-Vassiliadis e Tetrationato Müller Kaufmann seguindo - se de semeadura nos ágares xilose lisina tergitol 4 (XLT4) e verde-brilhante modificado, suplement
Biblioteca responsável: BR68.1