Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Identificação de Neospora caninum por PCR em cordão umbilical de bezerros recém nascido no Brasil / PCR-based identification of Neospora caninum in the umbilical cord of a newborn calf in Brazil

Cunha Filho, Nilton Azevedo da; Oliveira, Plínio Aguiar de; Oliveira, Fernando Caetano de; Pappen, Felipe Geraldo; Aguiar, Cintia Lidiane Guidotti; Santos Junior, Alceu Gonçalves dos; Costa-da-Silva, André Luis; Universidade Federal de Pelotas; Farias, Nara Amélia da Rosa.
Ci. Rural; 47(7): 01-06, jul. 2017. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-716755

Resumo

This study was conducted at a beef cattle breeding farm in the far southern region of Brazil. The birth of a calf with unilateral corneal opacity was immediately reported to the Laboratory of Parasitology, in the Universidade Federal de Pelotas, Rio Grande do Sul, Brazil; blood was collected from the cow and calf before colostrum intake. The umbilical cords from this calf and from six other healthy animals were collected. Serological examination, utilizing an indirect fluorescent antibody test, was done using a cut-off point of 1:100. Polymerase chain reaction (PCR) was also performed using the umbilical cord samples. Serological tests showed that the calf was positive for Neospora caninum at birth, with a titer of 1:1600; a titer of 1:3200 was reported in the dam. PCR, using umbilical cord tissue from the affected animal, was positive for the presence of this parasite, and the molecular identity of the amplified product was confirmed by sequencing. Therefore, the detection of N. caninum DNA in the umbilical cord represents a novel alternative test for the diagnosis of this parasitic infection in newborn calves that are clinically suspected to have neosporosis.(AU)
O estudo foi realizado em uma fazenda de criação de gado de corte na região do extremo sul do Brasil. O nascimento de um bezerro com opacidade unilateral da córnea foi imediatamente relatado ao Laboratório de Parasitologia da Universidade Federal de Pelotas (RS) e coletou-se sangue da vaca e do bezerro antes da ingestão do colostro. Foram coletados sangue e cordão umbilical do bezerro com opacidade na córnea bem como de outros seis bezerros aparentemente saudáveis antes da ingestão de colostro. Foram realizados exames sorológicos utilizando o teste indireto de anticorpos fluorescentes (IFAT) com ponto de corte de 1: 100 e reação em cadeia da polimerase (PCR). O resultado dos exames sorológicos mostraram que o bezerro foi positivo para N. caninum ao nascer com titulação de 1:1600 e o de sua mãe foi de 1:3200 na IFAT. A PCR do cordão umbilical foi positiva para o agente no animal com opacidade córnea unilateral e a identidade molecular do produto amplificado foi confirmada por sequenciamento. A detecção de DNA de N. caninum no cordão umbilical é uma nova alternativa para o diagnóstico deste agente em bezerros recém-nascidos com suspeita clínica de neosporose.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1