Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Penectomy and scrotal urethrostomy in dogs: report of four cases / Penectomia com uretrostomia escrotal em cães: relato de quatro casos

Gavioli, Felipe Baldissarella; Oliveira, Ricardo Pimentel; Quadros, Aparício Mendes de; Machado, Tanise Policarpo; Medeiros, Bianca Silva; Palma, Mariana Dalla; Linck, Camila Marques; Secchi, Priscila; Cassel, Taciele Gaspareto; Bisognin, Indaia; Silva, Marco Augusto Machado.
Acta Vet. bras.; 8(2): 86-90, 2014. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-716787

Resumo

Wide trauma and neoplasms constitute the main indications for penectomy and scrotal urethrostomy in the dog. Reconstruction of the prepuce is technically challenging, which may not be feasible in cases of extensive tissue loss, requiring penile amputation. The aim of the current study was to report four cases of penectomy associated to scrotal urethrostomy in dogs. The patients were subjected to hematological, histopathologic exams, thoracic radiographs and abdominal echographic evaluations for surgical triage. Malignant neoplasms were diagnosed in three patients and fibrosis with extensive penile exposition was found in one dog. The patients were submitted to penile amputation and scrotal urethrostomy postoperative complications included mild hemorrhage in one dog and wound infection and myiasis in another dog. In conclusion, surgical resection followed by penectomy with scrotal urethrostomy was the best option for the treatment of the preputial lesions and resolution was achieved.(AU)
Os traumatismos extensos de prepúcio e pênis, além de neoplasias, constituem as principais indicações cirúrgicas de penectomia associado à uretrostomia escrotal no cão. A reconstrução do prepúcio é desafiadora e torna-se inviável em casos de lesões amplas, requerendo a amputação peniana. O objetivo do presente estudo foi relatar quatro casos de indicação para penectomia associada à uretrostomia escrotal em cães. Os pacientes foram submetidos a exames complementares hematológicos, citologia das lesões, radiografia de tórax, ultrassonografia abdominal foram realizadas para triagem cirúrgica. Em três pacientes diagnosticou-se neoplasias malignas e em um paciente, fibrose com extensa exposição peniana. Os cães foram submetidos a penectomia, associado a uretrostomia escrotal. As complicações pós-operatórias incluíram hemorragia leve em um paciente e infecção e miiase em outro cão. Concluiu-se que a ressecção cirúrgica seguida de penectomia com uretrostomia escrotal foi a melhor opção para as lesões prepuciais, obtendo-se sucesso no tratamento realizado.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1