Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Recovery of pasture braquiaria grass with correction and fertilizing soil and establishment of legumes / Recuperação de pasto de capim-braquiária com correção e adubação de solo e estabelecimento de leguminosas

Gama, Tatiana da Costa Moreno; Volpe, Edimilson; Lempp, Beatriz; Galdeia, Elaine Costa.
R. bras. Saúde Prod. Anim.; 14(4): 635-647, Oct.-Dec.2013. graf, tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-716814

Resumo

This study aimed to determine the best combination for recovery pasture Urochloa decumbens cv. Basilisk using seven treatments which consisted of braquiaria grass without intervention (without correction of soil and fertilizer), the braquiaria grass fertilized with phosphorus (P) and potassium (K) without nitrogen (N) , the braquiaria grass fertilized with P, K and N, and consortia with: Arachis pintoi + Stylosanthes cv. Campo Grande; Stylosanthes cv. Campo Grande; Calopogonium mucunoides + Neonotonia wightii and N. wightii. The experimental design was a randomized block with four replications. Six cuts by treatment were performed to verify the biomass accumulation, morphological composition and analysis of crude protein, neutral detergent fiber and acid, lignin and in vitro digestibility. The liming and fertilization with P and K provided forage accumulation significantly higher of the braquiaria grass without intervention. However, the highest accumulation was obtained in consortia with mixture of forage legumes, which did not differ from braquiaria grass fertilized with N, demonstrating the feasibility of using the largest consortia with more than one species of legume. The leaves of U. decumbens showed, in general, better nutritional value when intercropped with legumes. The use of herbaceous legumes in pasture recovery braquiaria grass degraded without the use of nitrogen fertilizers is not only viable, it favors the accumulation of forage and quality of the grass, especially the mixture of legumes. Nitrogen fertilization increases the productivity of the grass, but provides a lower leaf / stem ratio and its components have a low fiber digestibility of forage.(AU)
Objetivou-se determinar a melhor combinação para recuperação de pasto de Urochloa decumbens cv. Basilisk utilizando sete tratamentos que constaram do capim-braquiária sem intervenção (sem correção de solo e adubação); do capim-braquiária adubado com fósforo (P) e potássio (K) sem nitrogênio (N); do capim-braquiária adubado com P, K e N; e dos consórcios com: Arachis pintoi + Stylosanthes cv. Campo Grande; Stylosanthes cv. Campo Grande; Calopogonium mucunoides + Neonotonia wightii e N. wightii. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso com quatro repetições. Foram realizados seis cortes por tratamento para verificação do acúmulo de biomassa, composição morfológica e análises de proteína bruta, fibra em detergente neutro e ácido, lignina e digestibilidade in vitro. A correção do solo e a adubação com P e K proporcionaram acúmulo de forragem significativamente maior que o capim-braquiária sem intervenção. Entretanto, os maiores acúmulos de forragem foram obtidos nos consórcios com mistura de leguminosas forrageiras, que não diferiram do capim-braquiária adubado com N, demonstrando a maior viabilidade de utilização dos consórcios com mais de uma espécie de leguminosa. As folhas de U. decumbens apresentaram, de modo geral, melhor valor nutritivo quando consorciadas com leguminosas. A utilização das leguminosas herbáceas na recuperação de pasto de capim-braquiária degradados sem utilização de adubos nitrogenados mostra-se viável, pois favorece o acúmulo de forragem e a qualidade da gramínea, com destaque para a mistura de leguminosas. A adubação nitrogenada aumenta a produtividade da gramínea, mas proporciona menor razão folha/colmo e, seus componentes fibrosos apresentam baixa digestibilidade da forragem.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1