Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Influence of crude protein levels in partridges"s (Rhynchotus rufescens Temminek) diet and eggs production over the sexual maturity / Avaliação dos níveis de proteína da dieta sobre a idade à maturidade sexual e produção de ovos de perdiz (Rhynchotus rufescens Temminek)

Estela Gaglianone Moro, Maria; Ariki, Joji; Braga Malheiros, Euclides.
Acta Sci. Anim. Sci.; 24: 997-1000, 2002.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-724470

Resumo

In order to evaluate the influence of crude protein levels in the diet over the sexual maturity age, 60 partridges Rhynchotus rufescens Temminek (Aves, Tinamidae) were fed 5 different crude protein levels according to the bird"s age. The results show a difference (p 0,05) among treatments for the age at first lay, which confirms the increased earlier sexual maturity in heavier birds, although no difference was observed in the treatments for the number of eggs produced. The average age at sexual maturity of 302 days, close to other birds with the same kind of exploration, shows that this species deserves further studies in order to improve its reproductive levels.
Com o objetivo de avaliar a influência de dietas com diferentes níveis de proteína na fase de crescimento sobre a idade à maturidade sexual, utilizou-se sessenta perdizes, Rhynchotus rufescens Temminek (Aves, Tinamidae) tendo como tratamentos cinco programas de alimentação, baseados nas recomendações do NRC (1994) para faisões, variando os teores de proteína bruta, de acordo com a idade da ave. Foi utilizado o delineamento inteiramente casualizado, com cinco tratamentos e quatro repetições, sendo cada parcela constituída por três aves. Os dados obtidos foram submetidos à análise de variância pelo SAS (SAS, 1992) e para comparações entre médias de tratamentos foi utilizado o teste de Tukey ao nível de 5% de probabilidade. Os resultados mostraram diferença (p 0,05) entre os tratamentos na idade ao 1º ovo, confirmando a precocidade da maturidade sexual em aves mais pesadas, mas não houve diferença na produção de ovos entre os tratamentos. A idade média à maturidade sexual de 302 dias, sendo próxima à de outras aves que têm este mesmo tipo de exploração, mostra que esta espécie merece mais estudos no sentido de melhorar seus índices reprodutivos.
Biblioteca responsável: BR68.1