Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Sources and levels of crude protein in diets for oscar juveniles (Astronotus ocellatus) - DOI: 10.4025/actascianimsci.v28i4.611 / Fontes e níveis de proteína bruta em dietas para juvenis de apaiari (Astronotus ocellatus) - DOI: 10.4025/actascianimsci.v28i4.611

El Hadi Perez Fabregat, Thiago; Batista Kochenborger Fernandes, João; André Rodrigues, Laurindo; de Azevedo Ribeiro, Felipe; Kazue Sakomura, Nilva.
Acta Sci. Anim. Sci.; 28(4): 477-482, 2006.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-724741

Resumo

Nine experimental diets combining levels of substitution (0 , 50 and 100%) of the fish meal by soybean meal , with three levels of crude protein (28 , 30 and 32%) were supplied for oscar juveniles (22.42 g) during 84 days. The total replacement of fish meal by soybean meal inhibited the feed consumption and negatively affected (p 0.05) the survival, weight gain and condition factor. Fish fed with the diet containing only soybean meal the hepatosomatic index, intraperitoneal fat ratio, liver lipid and muscle lipid were smaller (p 0.05). The weight gain was better (p 0.05) in the fish fed with the diet containing 32% of crude protein. The hepatosomatic index was bigger (p 0.01) for the fish feed with the diet containing 28% of crude protein. Fish meal can be partially replaced in 50% by soybean meal. The best performance was obtained with the diet containing 32% of crude protein.
Nove dietas experimentais combinando níveis de substituição (0 , 50% e 100%) da farinha de peixe pelo farelo de soja, com três níveis de proteína bruta (28 , 30 e 32%), foram fornecidas para juvenis de apaiari (22,42 g) durante 84 dias. A sub stituição total da farinha de peixe afetou negativamente (p 0,05) a sobrevivência, o ganho de peso, o consumo de ração e o fator de condição. Os peixes que receberam as dietas contendo somente farelo de soja apresentaram diminuição (p 0,05) no índice hepat ossomático, no índice gorduro-viscerossomático e na porcentagem de lipídeo no fígado e no músculo. O ganho de peso foi maior (p 0,05) para os peixes que receberam a dieta com 32% de proteína. A dieta contendo 28% de proteína bruta elevou (p 0,01) o índice hepatossomático. O farelo de soja pode substituir 50% da farinha de peixe sem comprometer a performance. O nível de 32% de proteína bruta foi o que proporcionou o melhor desempenho.
Biblioteca responsável: BR68.1