Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Hematological parameters of pacu Piaractus mesopotamicus (Holmberg, 1887) fed diets supplemented with trivalent chromium in two stocking densities - DOI: 10.4025/actascianimsci.v29i4.1019 / Parâmetros sangüíneos de pacu Piaractus mesopotamicus (Holmberg, 1887) alimentados com dietas suplementadas com cromo trivalente em duas densidades de estocagem - DOI: 10.4025/actascianimsci.v29i4.1019

Yudi Fujimoto, Rodrigo; Pardi de Castro, Marcelo; Laterça Martins, Mauricio; Ruas de Moraes, Flávio; Cibele Fragoso Monfort, Karla.
Acta Sci. Anim. Sci.; 29(4): 465-471, 2007.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-724778

Resumo

This work evaluated the effects of chromium supplementation on the hematological parameters of Piaractus mesopotamicus Holmberg, 1887 maintained in two stocking densities. Fish were fed diets supplemented with 0, 6, 12 and 18 mg trivalent chromium kg-1 dry ration and maintained at 4 and 20 kg m-3. The fish under high stocking density and fed diets supplemented with 0 and 6 mg kg-1 showed reduction in the number lymphocytes, which suggests non-adaptation to this condition of high density. This was not observed in fish fed diets supplemented with 12 and 18 mg chromium kg-1, but an increase in the number of thrombocytes was evident. The lack of difference between treatments after 30 days may suggest a possible adaptation of fish to the situation. It can be added that supplementation with 12 and 18 mg chromium kg-1 is an interesting feeding strategy for a period of 15 days.
O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos da suplementação com cromo trivalente (0, 6, 12 e 18 mg kg-1 de ração) sobre as variáveis hematológicas de Piaractus mesopotamicus, mantidos em duas densidades de estocagem (4 e 20 kg m-3). Os mantidos na maior densidade e alimentados com dietas suplementadas com 0 e 6 mg de cromo kg-1 apresentaram redução do número de linfócitos circulantes, sugerindo má adaptação a essa condição de alta densidade. Nas dietas suplementadas com 12 e 18 mg kg-1, tal efeito não foi observado, porém verificou-se aumento do número de trombócitos no tratamento com 12 mg de cromo kg-1. A inexistência de diferença significativa entre os tratamentos, aos 30 dias, sugere a adaptação dos peixes ao tipo de alimento e à situação de alta densidade. Portanto, nas condições deste ensaio, a suplementação com 12 e 18 mg de cromo kg-1 é interessante como estratégia alimentar durante 15 dias.
Biblioteca responsável: BR68.1