Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Effect of ensilage of the superior third of cassava plant: processing type and storage time - DOI: 10.4025/actascianimsci.v25i2.2083 / Efeito da ensilagem do terço superior da rama de mandioca triturada ou inteira e dos tempos de armazenamento - DOI: 10.4025/actascianimsci.v25i2.2083

Oliveira Faustino, Josiane; Tadeu dos Santos, Geraldo; Cristina Modesto, Elisa; Cristina da Silva, Daniele; Cabreira Jobim, Clóves; Shiguero Sakaguti, Eduardo; César Damasceno, Júlio; de Araújo Marques, Jair; Alavarse Zambom, Maximiliane.
Acta Sci. Anim. Sci.; 25(2): 403-410, 2003.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-724851

Resumo

The objective of this paper was to evaluate the processing types and storage time of silage of superior third of cassava plant (SSTCF), through chemical composition, fractions of nitrogen and carbohydrates compositions and in vitro dry matter digestibility (IVDMD). The experiment was carried out in a completely randomized design. The treatments were defined in a 2x4 factorial array with two processing types (whole and shredded SSTCF) and four storage times (20, 40, 60 and 120 days). Shredded SSTCF had the lowest values of dry matter (DM), crude protein (CP) and IVDMD, and the highest value of non-structural-carbohydrate. In storage time analyses, lineal behaviors were observed for CP, DIVMS and fraction C of CHT, quadratic for the organic, and cubic for A+B1 and B2 of CHT. Both whole or shredded SSTCF can be used and after 20 days of storage time, fermentation was already stabilized and the silos were ready to be opened.
O objetivo do trabalho foi avaliar o efeito do tipo do processamento e os tempos de armazenamento da silagem do terço superior da rama de mandioca (STSRM), por meio da composição química, dos fracionamentos das proteínas e carboidratos e da digestibilidade in vitro da matéria seca (DIVMS). O delineamento experimental foi inteiramente casualizado com os tratamentos dispostos em esquema fatorial de 2x4, sendo a STSRM inteira (i) e triturada (t), e 4 tempos de armazenamento (20, 40, 60 e 120 dias). Para a STSRMt, os valores dos componentes químicos e DIVMS foram inferiores, enquanto os valores dos componentes de carboidratos-não-estruturais foram superiores. Para tempos de armazenamento, observou-se comportamento linear para a PB, DIVMS e fração C dos carboidratos totais (CHT), quadrático para a matéria orgânica e cúbico para A+B1 e B2 dos CHT. A STSRM pode ser utilizada, sendo indiferente à forma inteira ou triturada e, a partir de 20 dias de armazenamento, a fermentação apresenta-se estabilizada, podendo proceder-se à abertura dos silos.
Biblioteca responsável: BR68.1