Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Morphological study of the reproductive cycle and variability in the levels of glucose, glycogen and lipid along the year in the domestic duck (Anas platyrhynchus) - DOI: 10.4025/actascianimsci.v27i3.1208 / Estudo morfológico do ciclo reprodutivo e variabilidade nos níveis de glicose, de glicogênio e de lipídeo ao longo do ano em pato doméstico (Anas platyrhynchus) - DOI: 10.4025/actascianimsci.v27i3.1208

Simões, Karina; Marcos Orsi, Antônio; Criscuolo Urbinati, Elizabeth; Daólio Gonçalvez, Flávio; da Cruz, Claudinei; Raquel Marçal Natali, Maria.
Acta Sci. Anim. Sci.; 27(3): 319-325, 2005.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-724925

Resumo

Histologic studies on the seminiferous epithelium were performed to determine the reproductive annual cycle of domestic duck in mesothermic tropical region and to correlate it with metabolic parameters such as blood glucose, hepatic and muscular glycogen and lipids, which are basic metabolic substrates related to the reproductive process. The annual reproductive cycle of the duck could be divided in four successive phases along the year, which are named reproductive, regressive, quiescent and recrudescent phases. The reproductive phase began in winter (July) reaching its maximum peak in October. The regressive phase occurred in the end of spring and in the beginning of summer (December). The quiescent phase started in the summer between January and February. The recrudescent phase occurred in autumn and winter (June) when the spermatogenetic process resumed. Concerning the energetic metabolism only the blood glucose was related to the reproductive cycle, giving energetic support to this reproductive process
Estudos histológicos do epitélio seminífero foram realizados para determinar o ciclo reprodutivo anual do pato doméstico na região mesotérmica tropical e correlacioná-lo aos parâmetros de glicose sangüínea, de glicogênio e de lipídeos hepáticos e musculares, substratos metabólicos básicos ligados ao processo reprodutivo. O ciclo reprodutivo anual do pato pôde ser dividido em quatro fases sucessivas ao longo do ano, denominadas de reprodução, de regressão, de quiescência e de recrudescência testicular. A fase reprodutiva iniciou-se na estação de inverno (julho), atingindo seu pico máximo em outubro. A fase de regressão ocorreu no final da primavera (novembro) e no início do verão (dezembro). A fase de quiescência testicular iniciou-se no verão (janeiro e fevereiro). A fase de recrudescência ocorreu do outono (março) até o inverno (junho), com a retomada do processo espermatogenético. Quanto ao metabolismo energético, somente a glicose sangüínea esteve correlacionada ao ciclo reprodutivo do pato, fornecendo suporte energético para o processo reprodutivo
Biblioteca responsável: BR68.1