Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Vertical and horizontal freezing effect in caprine semen quality / Efeito da congelação vertical e horizontal na qualidade do sêmen caprino

Maia Betini, Carlos; Vanini de Moraes, Gentil; Paulo Rigolon, Luiz.
Acta Sci. Anim. Sci.; 20: 361-365, 1998.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-725097

Resumo

This work was carried out to study the vertical and horizontal freezing effect on the quality of Saanen caprine breed semen. The animals were fed on 1.5kg/day coast-cross (cynodon dactylon), 0.5kg/day feed-stuff containing ground corn (70%) and soybean bran (30%), and free access to mineral supplement and water. The semen was collected through manikin once a week for 5 weeks. Variance analysis showed that the progressive motility and the survival rate were higher (P 0.05) in the vertical freezing (31.3% and 29.01%) than in the horizontal freezing (28.0% and 26.86%) respectively. There was no influence of semen freezing methods (P 0.05) on the spermatozoa vigor which was of 2.46 points in the vertical and 2.26 in the horizontal freezing method. It was concluded that the vertical freezing method produced the best caprine semen quality to be used in artificial insemination.
Este trabalho teve por objetivo estudar o efeito da congelação horizontal e vertical na qualidade do sêmen de caprino da raça Saanen. Esses animais receberam 1,5kg/dia de feno de coast-cross (Cynodon dactylon), 0,5kg/dia de ração formulada com milho triturado (70%) e farelo de soja (30%), além de livre acesso a suplemento mineral e água. A colheita do sêmen foi realizada com vagina artificial, uma vez por semana, durante 5 semanas. Ao efetuar a análise de variância, observou-se que a motilidade progressiva e o índice de sobrevivência foram melhores (P 0,05) na congelação vertical (31,3% e 29,01%) do que na horizontal (28,00% e 26,86%), respectivamente. Não houve influência (P 0,05) dos métodos de congelação de sêmen sobre o vigor dos espermatozóides, que foi de 2,46 pontos na congelação vertical e de 2,26 pontos na horizontal. Concluiu-se que a congelação de sêmen pelo método vertical proporcionou sêmen de melhor qualidade para a inseminação artificial.
Biblioteca responsável: BR68.1