Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Effect of the replacement of Tifton grass hay and the corn meal by forage cactus and soybean meal on the ingestion of foods and physiological parameters - DOI: 10.4025/actascianimsci.v27i4.1149 / Efeitos da substituição do feno de capim-tifton e do farelo de milho pela palma forrageira e pelo farelo de soja sobre a ingestão de alimentos e parâmetros fisiológicos - DOI: 10.4025/actascianimsci.v27i4.1149

de Lucena Arnaud, Bárbara; Sherlânea Chaves Véras, Antônia; de Andrade Ferreira, Marcelo; Maria da Silva, Fabiana; Oliveira, Veronaldo; Helena de Albuquerque Brasil, Lúcia; de Azevedo, Marcílio.
Acta Sci. Anim. Sci.; 27(4): 475-482, 2005.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-725261

Resumo

The experiment was conducted to evaluate the ingestive behavior of lactating Holstein cows fed diet with different replacement levels (0; 12.9; 25.8; 38.7 e 51.6%) of forage cactus (Opuntia fícus indica, Mill). Five cows were assigned to a 5x5 square design. The registration of variables behaviors was accomplished in a visual way, at intervals of five minutes, in 24 hours. The registration of room temperature, humidity relative, rectal temperature and respiratory frequency were performed in the morning and in the afternoon. The rumination time decreased linearly and resting increased linearly; the dry matter intake (DMI), the rumination and feeding efficiency in function of DMI had quadratic behavior; the fiber neutral detergent intake (FNDI), the rumination and feeding efficiency in function of FNDI decreased linearly; the rectal temperature in the afternoon and the water intake decreased linearly, in function of forage cactus levels in the diet
O experimento objetivou avaliar o comportamento ingestivo de vacas leiteiras da raça Holandesa em lactação, alimentadas com rações contendo diferentes níveis (0; 12,0; 25,0; 38,0 e 51,0%) de palma forrageira (Opuntia ficus indica, Mill). Foram utilizadas 5 vacas, distribuídas em delineamento de quadrado latino. As variáveis comportamentais foram observadas a intervalos de 5 minutos, em 24 horas. Os registros de temperatura ambiente, umidade relativa do ar, temperatura retal e freqüência respiratória foram efetuados pela manhã e à tarde. A inclusão de palma influenciou linearmente os tempos de ruminação (redução) e ócio (aumento); quadraticamente o consumo de matéria seca (CMS) e a eficiência de alimentação e de ruminação em função do CMS e linearmente decrescente o consumo de fibra em detergente neutro (CFDN), a eficiência de ruminação e alimentação em função do CFDN. A temperatura retal no turno da tarde e a ingestão de água diminuíram linearmente
Biblioteca responsável: BR68.1