Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Micronuclei in tetrads of Tradescantia pallida (Rose) Hunt. cv. purpurea Boom: genetic changes caused by urban air pollution - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v30i3.5017 / Micronúcleos em tétrades de Tradescantia pallida (Rose) Hunt. cv. purpúrea Boom: alterações genéticas decorrentes de poluição aérea urbana - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v30i3.5017

José de Andrade Júnior, Sizenando; Cleub Silva Santos Júnior, José; da Luz Oliveira, Jesiane; de Moraes Marcílio Cerqueira, Eneida; Roberto Cardoso Meireles, José.
Acta Sci. Biol. Sci.; 30(3): 295-301, 2008.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-726131

Resumo

The urban atmosphere contains a mixture of air pollutants, including mutagenic and carcinogenic substances. Associations between urban pollutants and respiratory/cardiovascular diseases and a greater incidence of certain cancer types have already been established in literature. Thus, biomonitoring procedures are required to evaluate the genotoxic potential of urban atmospheres. The Tradescantia micronucleus (Trad-MCN) test is one of the most commonly used bioassays for the detection of genotoxic effects. It is based on the formation of micronuclei resulting from chromosome breakage in the meiotic pollen mother cells of Tradescantia ssp. inflorescences. This study dealt with Trad-MCN for assessing the genotoxic potential of air in two areas of the municipality of Senhor do Bonfim/BA: (1) Lomanto Júnior Highway (RLJ), an area of intense vehicular traffic; and (2) Nova do Congresso Plaza (PNC), an area with lower flow of vehicles. The negative control (CTR) was installed in Campus VII of the State University of Bahia. Plants exposed in RLJ and PNC presented the highest frequency of micronuclei (MCN), in comparison with CTR plants (p 0.05). The increase in the frequency of observed MCN points to the efficiency of the Trad-MCN and indicates the potential mutagenic risk of substances present in atmospheric air.
A atmosfera urbana contém uma mistura de poluentes que inclui substâncias mutagênicas e carcinogênicas. Associação entre estas substâncias e problemas respiratório e cardiovascular, além do aumento de determinados tipos de cânceres, é estabelecida na literatura. Assim, o biomonitoramento é importante para avaliar o potencial genotóxico da atmosfera urbana. O Teste de Micronúcleo em Tradescantia (Trad-MCN) é um dos bioensaios usados para detecção de efeitos genotóxicos. Este teste é baseado na formação de micronúcleos resultante de quebra cromossômica na meiose das células-mãe do grão de pólen de inflorescências de Tradescantia ssp. Neste estudo, Trad-MCN foi utilizado para avaliar o potencial mutagênico do ar atmosférico em duas áreas de tráfego diferenciado na cidade de Senhor do Bonfim, Estado da Bahia: 1) Rodovia Lomanto Júnior (RLJ), uma área de tráfego intenso, e 2) Praça Nova do Congresso (PNC), área de menor fluxo de veículos. O controle negativo (CTR) foi instalado no Campus VII da Universidade do Estado da Bahia. Plantas expostas na RLJ e na PNC apresentaram frequência de micronúcleo (MCN) mais alta em comparação com as plantas CTR (p 0,05). Esta alta frequência de MCN observada aponta a eficiência do TRD-MCN e indica o potencial risco mutagênico das substâncias presentes no ar atmosférico.
Biblioteca responsável: BR68.1