Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Prevalência de Streptococcus suis sorotipo 2: discussão da literatura brasileira

Cook Siqueira Soares, Taíssa; Carlos Paes, Antonio.
Arq. Inst. Biol.; 80(3)2013.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-726228

Resumo

Streptococcus suis is considered worldwide as one of the pathogens of biggest health and economic impact in the swine industry. Among the serotypes described as zoonotic, serotype 2 is the most frequently isolated from diseased animals and humans in most countries. The study of the epidemiology of S. suis infections in Brazil is important and may help in the development of effective control measures. The aim of this study was to conduct a critical review of Brazilian literature, with support of the world literature, addressing the diagnosis of the agent and its prevalence in clinically ill animals and healthy carriers, especially regarding to the prevalence of the serotype 2 in the country.
Streptococcus suis é mundialmente considerado um dos patógenos de maior impacto sanitário e econômico na indústria suinícola. Dentre os sorotipos descritos como zoonóticos, o sorotipo 2 é o mais frequentemente isolado de animais e humanos doentes na maioria dos países. O estudo da epidemiologia das infecções por S. suis no Brasil é importante para a implantação de medidas efetivas de controle. O objetivo do presente trabalho foi realizar uma revisão crítica da literatura brasileira, com suporte da literatura mundial, abordando o diagnóstico do agente e sua prevalência em animais clinicamente doentes e portadores sadios, com destaque para a prevalência do sorotipo 2 no país.
Biblioteca responsável: BR68.1