Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Rhodes grass hay (.Chloris gayana) or alfalfa hay (Medicago sativa) for calves, under diets with two levels of protein. II. Ruminal degradability / Fenos de capim de Rhodes (Chloris gayana) ou de alfafa (Medicago sativa), em dietas com dois níveis protéicos. II. Degradação de nutrientes no rúmen

de Sousa Lucci, Carlos; Schalch, Edison; Carlos Machado Nogueira Filho, José; Rodrigues Herling, Valdo; Franzolin Neto, Raul; Melotti, Laércio; Gonçalves de Lima, Cesar; Aparecido Cunha, José.
Braz. j. vet. res. anim. sci; 26(2): 267-274, 1989.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-726956

Resumo

Eight male calves, European-zebu crosses, 80 kg to 90 kg live weight and with ruminal fistula, were used in the following 2 x 2 factorial arrangement of treatments: A) Rhodes grass hay (40%) and concentrate (60%) in a 13% CP diet; B) same than A, in a 17% CP diet; C ) alfalfa hay (40%) and concentrate (60%) in a 13% CP diet; D) same than C, in a 17% CP diet. The statistical design was a change-over" with two groups of four animals each and periods of 4 weeks, using the fourth one to make digestion "in situ" with the nylon bags technique. Incubation times were: 3 h, 12 h, 24 h, 48 h, 72 h and 96 h. Results showed quicker degradation for the dry matter of alfalfa hay treatments than for Rhodes grass hay treatments (p 0,05); the protein of alfalfa hay treatments was degraded more slowly (p 0,05 ) for 3 h, 12 h and 24 h incubation time). There was also an indication (not statistically confirmed) that fiber disappearance from the nylon bags was greater for 17% CP diets than for 13% CP diets.
Oito bezerros machos, mestiços europeu-zebu, com 80 kg a 90 kg de peso e dotados de fistulas ruminais, prestaram-se para comparar os seguintes tratamentos, dispostos em um arranjo fatorial 2 x 2: A) feno de Rhodes (40%) ,mais concentrados (60%) em dietas com 13% PB; B) idem de A, em dietas com 17% PB; C) feno de alfafa (40%) mais concentrados (60%) e m dietas c o m 13% PB; D) idem de C, em dietas com 17% PB. O delineamento utilizado foi o change-over" com dois grupos de 4 animais cada, e subperíodos de quatro semanas de duração, sendo a quarta, utilizada para medir degradabilidade de nutrientes "in si tu", pela técnica de sacos de nylon suspensos no rúmen. Os tempos de incubação foram: 3 h, 12 h, 24 h, 48 h, 72 h e 96 h. Os resultados indicaram que a matéria seca das rações com feno de alfafa desapareceu mais rapidamente do que as que continham feno de Rhodes (p 0,05), mas a proteína das rações com feno de alfafa foi degradada mais lentamente no interior do rúmen (p 0 , 0 5 ) para 3, 12 e 24 horas de incubação. Surgiu, ainda, a tendência (não confirmada estatisticamente) de um maior desaparecimento da fibra, no interior do rúmen, para rações com 17% PB, comparativamente às com 13% PB.
Biblioteca responsável: BR68.1