Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Newcastle disease. I. Experimental study response to B1 and La Sota vaccine strains / Doença de Newcastle. I. Estudo experimental da resposta imune às estirpes vacinais B1 e La Sota

Carlos Paulilo, Antonio; Augusto Pinto, Aramis; Ariki, Joji; Berchieri Junior, Angelo.
Braz. j. vet. res. anim. sci; 19(1): 39-43, 1982.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-727195

Resumo

Broiler chicks from a commercial flocks of immunized matrix were used to study the lentogcnic vaccine prepared with both B1 and La Sota strains of the Newcastle virus disease. B1 and La Sota strains were equally efficient (P 0,01) in protecting animals against the effects produced by 107.52/0,1 ml EID50 of a velogenic viscerotropic sample given by eye drop instillation. Further, the haemagglutination inhibition antibody titre (HI) observed after vaccination, increased until the 21st day, being most effective for La Sota strain (P 0,05).
Foram utilizados pintos de corte de linhagem comercial, procedentes de matrizes imunizadas, para o estudo de vacinas lentogênicas preparadas com as estirpes B1 e La Sota, do vírus da doença de Newcastle. As estirpes vacinais B1 e La Sota, estatisticamente ao nível de 1% de probabilidade, foram igualmente eficientes no teste de proteção ao desafio, realizado com 107,52 /0,1 ml EID50 de uma mostra velogênica viscerotrópica de campo administrada pela via ocular. O título de anticorpos inibidores hemoaglutinação (HI) aumentou até 21º dia após a vacinação, sendo significamente maiores para a estirpe La Sota, ao nível de 5% de probabilidade.
Biblioteca responsável: BR68.1