Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Avaliação antropométrica e do risco para desenvolvimento de doenças cardiovasculares em funcionários de uma unidade de alimentação e nutrição

Favretto, Diane Cássia; Silva, Ana Beatriz Giovanoni da.
Hig. aliment; 29(248/249): 94-98, set.-out. 2015. tab, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-732700

Resumo

o objetivo deste estudo foi avaliar o estado nutricional e fatores de risco para desenvolvimento de doenças cardiovasculares entre 25 funcionários de uma unidade de alimentação e nutrição no interior do Rio Grande do Sul. Foram estudadas as variáveis: idade, tempo de empresa, peso, altura, Índice de Massa Corporal (IMC), circunferência abdominal e Razão Cintura-Quadril (RCQ). Observou-se sobrepeso e obesidade em 28% e 56% da amostra, respectivamente, com associação significativa entre o estado nutricional e a circunferência abdominal e RCQ, mas não entre estado nutricional e idade, nem entre o estado nutricional e tempo de empresa. Verificaram-se valores de circunferência abdominal elevado em 68% dos funcionários e RCQ apresentando risco elevado para desenvolvimento de doenças cardiovasculares em 68% dos funcionários. Estes resultados permitiram verificar a necessidade de acompanhamento nutricional destes funcionários, visando melhorar a sua qualidade de vida e aumentar a produtividade.(AU)
The aim of this study was to evaluate the nutritional status and risk factors for the development of cardiovascular diseases among 25 employees of a Food and Nutrition Unit in the countryside of Rio Grande do Sul. The following variables were studied: age, working period in the company, weight, height, Body Mass lndex (BMI), Waist Circumference, and Waist-Hip Ratio (WHR). Overweight and obesity were observed in 28% and 56% of the sample, respectively, with its association between the nutritional status and waist circumference and WHR, but not between nutritional status and age, nor between nutritional status and workin period in the company. A high waist circumference value was observed in 68% of the employees and the waisthip ratio showed a high risk for the development of cardiovascular diseases in 68% of the employees. These results allowed us to verify the need of nutritional monitoring of these employees, in order to improve the quality of life and increase productivity.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1