Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Intake, digestibility, performance and carcass characteristics of ewes fed crambe replacing soybean meal in the diet / Consumo, digestibilidade, desempenho e características de carcaça de ovelhas alimentadascom crambe em substituição à farelo de soja

Goes, Rafael Henrique de Tonissi e Buschinelli de; Carneiro, Mayara Mitiko Yoshihara; Osmari, Milene Puntel; Souza, Kennyson Alves de; Oliveira, Raquel Tenório de; Souza, Charles Jhonnatan dos Santos.
Acta sci., Anim. sci; 402018. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-733674

Resumo

The use of alternative sources of protein for ruminant can alter productivity and reducecosts in animal production. The aim of this study was to evaluate the performance, apparent digestibilityand quantitative characteristics of carcass components of ewes fed increasing levels (0, 50, 100 and 150 g kg1 dry matter) of crambe crushed in the diets. Twenty-four culling ewes were distributed in a completelyrandomized design. All animals were kept in a shed, with individual stalls equipped with feeder, drinkerand concrete floor covered with rice hulls. The animals received corn silage as roughage and diets wereisoenergetic with 700 g kg-1 of TDN. Animals were slaughtered when reached a body condition score of3.5 points. The dry matter intake (948.53 g day-1) and average daily gain (0.15 kg day-1) were not influencedby the inclusion of crambe crushed in the diet. The crambe crushed increased ether extract digestibility anddecreased crude protein intake and digestibility. There was no effect of the levels of crambe crushed oncarcass characteristics and non-carcass components but rather a reduction in the cold carcass yield. Totalreplacement of soybean meal with crambe crushed in the diet for ewes did not alter performance, carcassand non-carcass characteristics.
O uso de fontes proteicas alternativas para ruminantes pode alterar a produtividade e reduzir oscustos na produção animal. O objetivo da pesquisa foi avaliar o desempenho, a digestibilidade aparente e ascaracterísticas quantitativas dos componentes de carcaça das ovelhas alimentadas com níveis crescentes (0,50, 100 e 150 g kg-1 de matéria seca) de torta de crambe nas dietas. Foram distribuídas 24 ovelhas em umdelineamento inteiramente casualizado. Todos os animais foram mantidos em instalação, com baiasindividuais equipadas com cocho, bebedouro e chão de concreto coberto com cascas de arroz. Os animaisreceberam silagem de milho como forragem e as dietas foram isoenergéticas com 700 g kg-1 de NDT. Osanimais foram abatidos quando atingiram o escore de condição corporal de 3,5 pontos. A ingestão dematéria seca (948,53 g dia-1) e o ganho médio diário (0,15 kg dia-1) não foram influenciados pela inclusão detorta de crambe na dieta. A torta de crambe aumentou a digestibilidade do extrato etéreo e diminuiu aingestão e digestibilidade da proteína bruta. Não houve efeito da torta de crambe nas características dacarcaça e nos componentes não carcaça, no entanto houve redução no rendimento da carcaça fria. Asubstituição total da farinha de soja e a torta de crambe na dieta para as ovelhas não alteraram ascaracterísticas de desempenho, carcaça e não carcaça.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1