Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Desenvolvimento ponderal na estimativa de peso vivo em ovinos da raça Poll Dorset / Growth rate in live weight estimation in Poll Dorset sheep breed

Mota, Diego Azevedo; Rosa, Bruna Laurindo; Oziemblowski, Márcia Maria; Melo, Thiago Vasconcelos; Carvalho, Daniel Marino Guedes de.
R. bras. Ci. Vet.; 24(4): 184-188, out.-dez. 2017. tab, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-734721

Resumo

Objetivou-se avaliar nesse estudo o uso da biometria durante o crescimento de cordeiros da raça Poll Dorset, com o intuito de estimar o peso vivo. Foram utilizados 32 cordeiros, sendo 20 machos e 12 fêmeas, nascidos entre julho e setembro de 2014 e 2015, sendo as coletas realizadas do nascimento aos 165 dias com intervalo de 15 dias entre as avaliações. O estudo gerou 1920 observações de pesos e medidas biométricas. A cada tomada de peso também foram realizadas medidas de perímetro torácico, com a utilização de fita métrica graduada em centímetros, comprimento de corpo, altura de cernelha e altura de garupa utilizando um hipômetro. Os dados foram submetidos à análise de correlação e a partir destes gerou-se gráficos de dispersão e estimaram-se equações de regressão, além de estimar o desenvolvimento ponderal. O perímetro torácico (0,88) foi a característica mais associada ao peso corporal in vivo. As equações de regressão reafirmaram a alta relação entre perímetro torácico e peso vivo, que foi de 94%. O desenvolvimento ponderal caracterizou animais com padrão racial homogêneo. Conclui-se que o perímetro torácico está altamente associado ao peso corporal e que equações de regressão geradas a partir de medidas biométricas servem para estimar o peso corporal de ovinos da raça Poll Dorset.(AU)
The objective of this work was evaluated the growth lambs Poll Dorset to estimate the live weight. Were used 32 lambs, 20 males and 12 females, born between July and September 2014 and 2015, and the assessment carried out from birth to 165 days with an interval of 15 days between assessments. The study generated 1920 observations of weights and biometric measurements. Each weight measurement were also performed thoracic measures with tape graduated in centimeters, body length and hip height using a hipometer. The data was submitted to correlation analysis and generated scatter plots and regression equations estimatingthe weight development. The thoracic measures (0.88) was the characteristic most associated with body weight in vivo. The regression equations reaffirmed the high relationship between thoracic measures and body weight, which was 94%. The weight development featured animals with homogeneous racial pattern. We conclude that the knowledge of the weight development reflects a racial standard and the thoracic measures is highly associated with body weight and regression equations generated from this measurements are used to estimate the body weight of the breed sheep Poll Dorset.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1