Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Physics behind the implants used for high strain fractures: literature review / A física por trás dos implantes utilizados para fraturas de alto strain: revisão de literatura

Macedo, Aline Schafrum; Marinho, Paulo Vinicius Tertuliano; Dal-Bó, Ísis dos Santos; Bregadioli, Thales; Diamante, Gabriel; Fiuza, Bianca; De Zoppa, André Luis do Valle; Ferrigno, Cassio Ricardo Auada.
Braz. j. vet. res. anim. sci; 55(1): 1-8, 2 abr. 2018.
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-734921

Resumo

Whenever bone fractures occur, external forces produce continuous interfragmentary motion and a stabilization method is necessary. It is known that the mechanical conditions at the fracture site influence bone callus formation during healing process. To achieve primary (direct) bone healing, absolute stability at the fracture site is necessary. Perren's concept of strain determines that relative deformation at the fracture gap depends on the original gap's conformation. Simple fractures (without comminution) are considered high strain fractures since a small force applied to the fracture site results in great movement with deleterious effects on the healing process. The purpose of this study is to review the available literature regarding factors that influence the mechanics of high strain fractures in veterinary medicine, its treatment methods and implants available. Each fracture configuration requires special attention and critical care in choosing the osteosynthesis method and the type of stability required for consolidation to occur within the expected time. One must know the strain theory to become an orthopedic surgeon.(AU)
Quando fraturas ósseas ocorrem, forças externas produzem movimentação interfragmentária continuamente e um método de estabilização se faz necessário. É sabido que as condições mecânicas no local de fratura influenciam a formação de calo durante o processo de cicatrização óssea e para que cicatrização óssea primária seja obtida é necessária estabilidade absoluta no foco de fratura. O conceito de strain de Perren determina que a deformação relativa no foco de fratura estabilizado depende do tamanho da lacuna de fratura original. Fraturas redutíveis (sem cominuição) são consideradas de alto strain, pois uma pequena força aplicada a linha de fratura resulta em grande movimentação com efeito deletério ao processo de consolidação. O presente trabalho revisa a literatura disponível a respeito de fatores que influenciam a mecânica de fraturas de alto strain em medicina veterinária, seus métodos de tratamento e a física por trás dos implantes disponíveis. Cada configuração de fratura requer atenção especial e cuidado crítico na escolha do método de osteossíntese e no tipo de estabilidade necessária para que a consolidação ocorra no tempo esperado. Conhecimento da teoria do strain é mandatório para a formação de cirurgiões ortopédicos.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1