Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Avaliação da forma de inclusão de zeólita e do nível de consumo sobre a digestibilidade da dieta e as características fecais de cães / Evaluation of zeolite inclusion and level of food intake on diet digestibility and faecal characteristics of dogs

Lowndes, F. G; Sabchuk, T. T; Souza, C. M. M; Félix, A. P; Maiorka, A; Oliveira, S. G.
Arq. bras. med. vet. zootec; 70(3): 888-896, Maio-Jun. 2018. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-735074

Resumo

Objetivou-se avaliar a forma de inclusão da zeólita e de níveis de consumo sobre a digestibilidade da dieta e as características fecais de cães. O experimento 1 avaliou o efeito do nível de consumo (normal e 50% a mais do que as necessidades) e da inclusão de zeólita (0 e 15g/kg) sobre a digestibilidade e as características fecais de 12 cães. No experimento 2, foi avaliada a inclusão de 5, 15 e 25g/kg de zeólita adicionada na massa ou por cobertura, em seis cães, sobre a digestibilidade da dieta e as características fecais. O experimento 3 avaliou o odor fecal de nove cães consumindo dietas contendo 0 e 15g/kg de zeólita incluída na massa ou por cobertura. A quantidade consumida e a inclusão de zeólita não afetaram a digestibilidade das dietas. O escore e a matéria seca fecal aumentaram com a inclusão de zeólita. A inclusão de zeólita na massa propiciou aumento na digestibilidade das dietas, independentemente do nível de inclusão. A inclusão de 15g/kg de zeólita, adicionada na massa e por cobertura reduziu o odor fecal dos cães. A inclusão de zeólita na massa aumenta a digestibilidade da dieta, a consistência fecal e reduz o odor fecal de cães.(AU)
This study aimed to evaluate the form of inclusion of zeolite and consumption levels on diet digestibility and fecal characteristics of dogs. The first experiment examined the effect of consumption level (normal and 50% higher than the requirements) and zeolite level (0 and 15g/kg) on diet digestibility and fecal characteristics of 12 dogs. In experiment 2 the inclusion of 5, 15 and 25g/kg of added zeolite in dough or coating in six dogs on diet digestibility and fecal characteristics was evaluated. The third experiment assessed the fecal odor of nine dogs fed diets containing 0 and 15g/kg of zeolite included in the dough or coating. The amount consumed, as well as the inclusion of zeolite, did not affect diet digestibility. Fecal score and dry matter increased with the inclusion of zeolite. The inclusion of zeolite in the dough provided an increase in diet digestibility, regardless of the level of inclusion. The inclusion of 15g/kg zeolite added to the dough and by coating reduced fecal odor of dogs. The inclusion of zeolite in dough increases diet digestibility, fecal consistency, and reduces the fecal odor of dogs.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1