Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Foreign body in the gastrointestinal tract of dogs: a retrospective study / Corpo estranho em trato gastrointestinal de cães: estudo retrospectivo

Caixeta, A. C. F; Alves, E. G. L; Coelho, N. G. D; Souza, A. C. F; Torres, R. C. S; Nepomuceno, A. C.
Ars Vet.; 34(1): 20-24, 2018. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-735280

Resumo

Foreign body in the digestive tract (FBDT) often affects the canine species. The clinical signs are nonspecific, thus it is necessary to perform complementary tests to obtain its diagnosis. This study objective was to evaluate 50 dogs of the Veterinary Hospital in the Universidade Federal de Minas Gerais (HV-UFMG), observing the racial predisposition, age, sex, types, topography, radiographic and ultrasonographic aspects of the FBDT occurrence. The diagnosis was obtained by the use of radiographic exams (37%), ultrasonographic exams (37%) or both of them (26% of the cases). No racial predilection was found, but male dogs were the most affected, representing 62% of the population. The average age of occurrence was 5.8 ± 4.5 years. The most frequently site where FB was found were: stomach (42%) and jejunum (24% of the cases). The most common FBDT object were: fabric (16%) and fruit seeds (12%), but metal, bone, plastic and rubber objects were also found too. Radiographic and ultrasonographic examinations were efficient in isolation and /or in association, with 98% of cases of FBDT being successfully detected in dogs.(AU)
O corpo estranho no trato digestivo (CETD) acomete com frequência a espécie canina. Os sinais clínicos são inespecíficos, fazendo-se necessário realizar exames complementares para obtenção do diagnóstico. O objetivo do presente trabalho ao avaliar 50 cães atendidos no Hospital Veterinário da Universidade Federal de Minas Gerais (HVUFMG)com CETD, foram observar à predisposição racial, idade, sexo e os tipos, a topografia e os aspectos radiográficos e ultrassonográficos dos CETD. O diagnóstico foi obtido por meio de exames radiográficos (37%),ultrassonográficos (37%) ou ambos (26%). Não houve predileção racial, mas cães machos foram os mais acometidos,representando 62% dos casos. A idade média de ocorrência foi de 5,8 ±4,5 anos. Locais onde os CE foram encontrados com mais frequência: estômago (42%) e jejuno (24%). Os CETD mais observados: tecidos (16%) e sementes de frutas(12%), mas também foram encontradas estruturas metálicas, ósseas, plásticas e de borracha. Os exames radiográficos e ultrassonográficos foram eficientes isoladamente e\ou em associação, sendo capaz de detectar 98% dos casos CETD em cães.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1