Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Papilomavírus oral em cão: relato de caso / Oral papillomavirus in dog: case report / Papilomavirus oral en perro: relato de caso

Venturini, Michéle A. F. A; Ferro, Daniel G; Correa, Herbert Lima; Ferreira, Jonathan; Moi, Jéssica.
Nosso Clín.; 21(124): 6-10, July.-Aug.2018. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-736414

Resumo

A papilomatose canina é uma doença viral espécie-específica que pode ser causada por diversos tipos de vírus. Sua transmissão é feita por contato direto e também indireto devido à resistência dos vírus ao meio ambiente. A manifestação clínica mais frequente é a papilomatose oral que acomete principalmente cães jovens ou cães adultos imunossuprimidos. Após um período de incubação de quatro semanas, os animais acometidos pela papilomatose viral podem ou não apresentar sintomatologia dependendo de seu estado imunológico. As lesões podem acometer toda a mucosa oral, lábio, língua e orofaringe e normalmente regridem após um período de um a dois meses. Alguns animais podem apresentar quadros de maior duração ou recidivas. Pela sua característica autolimitante, o tratamento cirúrgico com remoção das lesões é indicado apenas nos animais que apresentam dificuldade de apreensão e ingestão de alimentos. Outros tratamentos medicamentosos vêm sendo apresentados para a resolução mais rápida do quadro, porém os estudos ainda não são comprobatórios de sua eficácia.(AU)
Canine papillomatosis is a species-specific viral disease that can be caused by several types of virus. Its transmission is made by direct and also indirect contact due to virus resistance in environment. The most common clinical manifestation is oral papillomatosis, which affects mainly young dogs or immunosuppressed adult dogs. After an incubation period of 4 weeks, the animais affected by viral papillomatosis may or may not present symptomatology depending on their immunological status. Lesions may involve the entire oral mucosa, lip, tongue and oropharynx and usually regress after a period of one to two months. Some animais may present persistent and of repeatedlyrecurrent oral papillomas. Because of its self-limiting characteristics, surgical treatment with removal of lesions is indicated only in animais that present difficulties in seizure and ingestion of food. Other drug treatments have been presented for the quicker resolution of the condition, but the studies have not yet prove their efficacy.(AU)
La papilomatosis canina es una enfermedad viral de tipo especie específico que puede ser causada por diversos tipos de virus. Su transmisión es hecha por contacto directo y también indirecto debido a la resistencia de los virus ai medio ambiente. La manifestación clínica más frecuente es la papilomatosis oral que afecta principalmente los perros jóvenes o perros adultos inmunosuprimidos. Después de un período de incubación de 4 semanas, los animales acometidos por la papilomatosis viral pueden o no presentar sintomatología dependiendo de su estado inmunológico. Las lesiones pueden acometer toda Ia mucosa oral, ellabio, la lengua y la orofaringe y normalmente se remontan después de un período de uno a dos meses. Algunos animales pueden presentar cuadros de mayor duración o recidivas. Por su característica autolimitante, el tratamiento quirúrgico con remoción de las lesiones es indicado sólo en los animales que presentan dificultad de aprehensión e ingestión de alimentos. Se han presentado otros tratamientos medicamentosos para la resolución más rápida dei cuadro, pero los estudios aún no son comprobantes de su eficacia.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1