Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Anthelmintic effect of Cassia fistula and Combretum leprosum protein fractions against goat gastrointestinal nematodes / Efeito antihelmíntico das frações proteicas de Cassia fistula e Combretum leprosum contra nematodeos gastrintestinais de caprinos

Silva, Mara Thais de Oliveira; Maia, Mara Andrade Colares; Silva, Michele Dalvina Correia da; Torres, Taffarel Melo; Pereira, José Carlos da Silveira; Araújo, João Ronielly Campêlo; Silva, Ryan Emiliano da; Souza, Anna Lopes da Costa; Barbosa, Tallyson Nogueira; Bezerra, Ana Carla Diógenes Suassuna.
R. bras. Parasitol. Vet.; 27(2): 237-241, abr.-jun. 2018. tab, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-737714

Resumo

In this study, we evaluated the ovicidal and larvicidal activity of protein preparations obtained from Cassia fistula L. and Combretum leprosum Mart. leaves on the gastrointestinal parasites of goats. Protein preparations were obtained after the extraction of C. fistula L. and C. leprosum Mart. leaves, followed by protein fractionation (with ammonium sulfate saturation percentages of 30%, 30%-60%, and 60%-90%) and dialysis, which resulted in protein fractions (called F1, F2, and F3, respectively). The fractions were evaluated by egg hatching (the eggs were recovered in stool samples from naturally infected goats) and larval development tests. The results reveled that the inhibition of hatching of eggs caused by the protein fractions of C. fistula (38%) were similar to that of the control drug, thiabendazole. In addition, the fractions of C. fistula caused significant inhibition (61-69%) of larval development also. However, C. leprosum did not reveal significant inhibition of egg hatching and larval development. We conclude that C. fistula L. showed better ovicidal and larvicidal activity against endoparasites.(AU)
Neste estudo, foram avaliadas as atividades ovicida e larvicida de preparações proteicas de Cassia fistula L. e Combretum leprosum Mart. em parasitas gastrointestinais de caprinos. As preparações proteicas foram obtidas por extração das folhas de C. fistula L. e C. leprosum Mart. seguido pelo fracionamento proteico (com porcentagens de saturação de sulfato de amônio de 30%, 30-60%, 60-90%) e diálise, resultando nas frações proteicas (intituladas F1, F2 e F3, respectivamente). As frações foram avaliadas nos testes de eclosão de ovos (os ovos foram recuperados em amostras de fezes de cabras naturalmente infectadas) e de desenvolvimento larvar. Os resultados revelaram que a inibição da eclosão de ovos causada pelas frações proteicas de C. fistula (38%) foi semelhante à do fármaco controle, o tiabendazol. Além disso, as frações de C. fistula também causaram inibição significativa (61-69%) do desenvolvimento larvar. No entanto, C. leprosum não revelou inibição significativa na eclosão dos ovos e no desenvolvimento larvar. Concluiu-se que C. fistula L. mostrou uma melhor atividade ovicida e larvicida contra endoparasitas.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1