Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Implications of univariate and multivariate analyses on the dissimilarity of common bean accessions / Implicações da análise univariada e multivariada na dissimilaridade de acessos de feijão comum

Grigolo, Sibila; Fioreze, Ana Carolina da Costa Lara; Denardi, Sinara; Vacari, Jonathan.
R. Ci. agrovet.; 17(3): 351-360, 2018. tab
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-738572

Resumo

Univariate and multivariate analyses have been routinely used to discriminate genotypes in breeding programs, but their relationship is not always considered. The objective of this study was to relate univariate and multivariate analyses on the dissimilarity among common bean accessions based on characteristics such as days until emergence, plant height, first pod insertion height, harvest days, final stand, number of pods per plant, pod length, 100-grain weight, grain yield and seed length, width and thickness. Data were submitted to univariate analysis of variance, with a comparison of means by the Scott-Knott test, and multivariate analysis to estimate the genetic divergence based on the generalized Mahalanobis distance, grouping the accesses through Tochers method. The relative importance of the characters was also estimated by Singh"s method, performing the multicollinearity diagnosis. There was a significant difference for all the evaluated characteristics, showing the existence of variability between the accesses. The greater variability found was related to seed characteristics. It was possible to relate univariate and multivariate analyses, since there was a relationship between the groups generated by Scott-Knotts test and the percentage of the relative contribution of the evaluated characters. However, the clustering obtained in the univariate analysis for the characteristic that contributed the most to the divergence between the accessions was not compatible with the cluster generated by Tochers method. The coupled use of these analyses can help breeders to decide, choosing superior genotypes and that present wide genetic divergence, mainly for the characteristics of greater interest.(AU)
As análises univariadas e multivariadas vem sendo rotineiramente utilizadas para a discriminação de genótipos em programas de melhoramento genético, muito embora nem sempre é realizada a análise da relação existente entre elas. Com isso, o objetivo deste trabalho foi relacionar a análise univariada e multivariada na dissimilaridade entre acessos de feijão comum, com base nas características dias para emergência, altura da planta, altura de inserção da primeira vagem, dias para colheita, estande final, número de vagens por planta, comprimento da vagem, massa de 100 sementes, rendimento de grãos, comprimento, largura e espessura da semente. Os dados foram submetidos à análise de variância univariada, com agrupamento de médias pelo teste de Scott-Knott e, à análise multivariada, para estimar a divergência genética com base na distância generalizada de Mahalanobis, agrupando os acessos pelo método de Tocher. Foi estimada a importância relativa dos caracteres pelo método de SINGH (1981) e realizado o diagnóstico de multicolinearidade. Houve diferença significativa para todas as características avaliadas, demonstrando a variabilidade existente entre os acessos, sendo que a maior variabilidade encontrada referiu-se aos caracteres da semente. Foi possível relacionar as análises univariada e multivariada, já que houve uma relação entre os grupos gerados pelo Scott-Knott e a porcentagem da contribuição relativa dos caracteres avaliadas. Já o agrupamento obtido na análise univariada para a característica que mais contribuiu para divergência entre os acessos não se mostrou compatível com o agrupamento gerado pelo método de Tocher. A utilização das análises em conjunto pode auxiliar o melhorista na tomada de decisão, escolhendo genótipos superiores e que apresentam ampla divergência genética principalmente para as características de maior interesse.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1