Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Morphological characteristics and grain yield of simple corn hybrids in different environments / Caracteres morfológicos e rendimento de grãos de híbridos simples de milho em diferentes ambienteso em diferentes ambientes

Olivoto, Tiago; Carvalho, Ivan Ricardo; Nardino, Maicon; Ferrari, Mauricio; Pelegrin, Alan Junior de; Szareski, Vinícius Jardel; Demari, Gustavo Henrique; Souza, Velci Queiróz de.
R. Ci. agrovet.; 17(4): 462-471, 2018. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-738587

Resumo

The aim of this study was to assess the behavior of morphological components and yield of simple hybrid corn grains cultivated in different environments. Three field trials were conducted in the state of Rio Grande do Sul under an experimental randomized block design with factorial treatment: seven (simple hybrids) x three (cultivation environments) arranged in three replications. The analysis of variance showed significant interaction between genotype and environment for the traits ear diameter, number of kernels per row, cob diameter, grain mass per ear and grain yield. The number of grains per rows and thousand-grain weights were not influenced by environments, being intrinsic characteristics of each genotype. The length of the cob presents similar among the hybrids, being influenced only by the cultivation environment. The plant height and prolificacy were higher in Vista Gaúcha, RS, however, Tenente Portela, RS, had a higher ear insertion height, grain number per row, ear mass, grain mass per ear and grain yield. Hybrids DKB 290 PRO 3® and DKB 315 PRO 3® presented the highest yields in the average of the environments studied.(AU)
O objetivo deste trabalho foi avaliar o comportamento dos caracteres morfológicos e o rendimento de grãos de híbridos simples de milho cultivados em diferentes ambientes. Foram conduzidos três ensaios no Rio Grande do Sul, utilizando o delineamento experimental de blocos casualizados em esquema fatorial, sendo sete (híbridos simples) x três (ambientes de cultivo), dispostos em três repetições. Na análise de variância conjunta observou-se interação genótipos x ambientes para os caracteres diâmetro da espiga, número de grãos por fileira, diâmetro do sabugo, massa de grãos por espiga e rendimento de grãos. O número de fileiras por espiga e a massa de mil grãos não sofreram influência dos ambientes de cultivo sendo características intrínsecas de cada genótipo. O comprimento da espiga foi similar entre os híbridos, sendo influenciado apenas pelo ambiente de cultivo. A altura de planta e prolificidade foram maiores em Vista Gaúcha, RS, já em Tenente Portela foi observado maior altura de inserção de espiga, número de grãos por fileira, massa de espiga, massa de grãos por espiga e rendimento de grãos. Os híbridos DKB 290 PRO 3® e DKB 315 PRO 3® apresentaram as maiores produtividades na média dos ambientes estudados.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1