Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Validation of body condition score system in Holstein x Zebu cows via ultrasound method during the transition period and early lactation / Validação por ultrassonografia da condição corporal em vacas mestiças Holandês x Zebu durante o período de transição e fase inicial de lactação

Gentil, Narjara Rodrigues; Santos, Anselmo Domingos Ferreira; Pereira, Mikaele Alexandre; Lima, Mariana Santos; Guimarães, José Cláudio Torres; Gomes, Ludmila Couto; Dantas, Francielle da Conceição; Oliveira, Veronaldo Souza de.
Semina Ci. agr.; 38(6): 3797-3806, Nov.-Dec.2017. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-738871

Resumo

This study aims to validate, by means of subcutaneous rump fat thickness (RFT), the suitability of the visual evaluation of body condition score (BCS) to indicate the body condition of crossbred dairy cows (Holstein x Zebu) during the transition period and early lactation. Animals were selected according to lactation period and distributed into three groups: PP (0 to 4 weeks antepartum; n = 30), L4 (0 to 4 weeks postpartum; n = 15), and L + 5 (5 to 14 weeks postpartum; n = 63). The relationship among RFT, BCS, and body weight (BW) was investigated using correlation and regression analyses. The variables BCS, RFT, and BW were different among the three groups (P 0.05). The correlations between BCS and RFT were higher in groups PP and L + 5 (r = 0.78 and r = 0.71 respectively). However, the L4 group showed a weak correlation (r = -0.04). The regression models were able to explain how much RFT varies because of changes in BCS, with coefficients of determination equal to 0.61 for PP and 0.51 for L + 5 group. In conclusion, BCS can be considered a good predictor of RFT for crossbred Holstein x Zebu cows in antepartum and postpartum for over 5 weeks of lactation.(AU)
Objetivou-se verificar por meio da espessura de gordura subcutânea na garupa (EGG) se o método de avaliação visual de escore de condição corporal (ECC) é apropriado para indicar a condição corporal de vacas leiteiras mestiças Holandês x Zebu no período de transição e fase inicial de lactação. Os animais foram selecionados de acordo com estágio de lactação e foram divididos em três grupos: grupo PP (4 a 0 semanapré-parto; n=30); grupo L4 (0 a 4 semanas pós-parto; n = 15); grupo L+5 (5 a 14 semanas pós-parto; n = 63). As variáveis ECC, EGG e BW variaram entre os três grupos (P 0,05). As correlações entre ECC e EGG foram maiores nos grupos PP e L+5, com r² = 0,78 e r² = 0,71, respectivamente. O grupo L4 apresentou fraca correlação com r = -0,04. Os modelos de regressão foram capazes de explicar o quanto da variação de EGG é devido à variação de ECC, com resultados de coeficientes de determinação igual a 0,61 para o grupo PP e 0,51 para o grupo L+5. Em conclusão, para os animais do pré-parto e do pós-parto com mais de cinco semanas de lactação o ECC pode ser considerado um bom preditor da EGG.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1