Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Somatic cell count obtained by Ekomilk Scan® and correlations with other methods of analysis / Contagem de células somáticas obtidas pelo equipamento Ekomilk Scan ® e suas correlações com outros métodos de análise

Gonçalves, Ana Carolina Siqueira; Roma Júnior, Luiz Carlos; Privatti, Rafaela Torrezan; Salles, Márcia Saladini Vieira; Paz, Claudia Cristina Paro de; Zadra, Lenira El Faro; Vidal, Ana Maria Centola.
Ci. Rural; 48(6): e20170848, June 21, 2018. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-738917

Resumo

The study aimed to evaluate the equipment Ekomilk Scan® as an alternative to somatic cell count (SCC) in milk. For this individual cow milk samples of various ages and different stages of lactation in northeastern state of São Paulo region were collected. The analyzes performed were divided into variables related to the equipment: repeatability and reproducibility, and variables that could influencing the results as: use of preservatives, temperature, time between collection and analysis, breed and milk composition, besides analysis to relate the Ekomilk Scan® with the standard method-direct microscopy and reference-flow cytometry. As the result, for samples analysis, it shouldnt be added preservative and these should be conducted on the same day of collection; however, temperature sample did not significantly influence results. Furthermore, Ekomilk Scan® did not show good correlation of results with the method of direct microscopy; however, it was necessary to generate equations for a positive correlation between flow cytometry and Ekomilk Scan®. Therefore, it is concluded that the equipment tested is not accurate but it can be an alternative for SCC monitoring in productive units since it uses calibration equations of results.(AU)
O estudo objetivou avaliar o equipamento Ekomilk Scan® como uma alternativa para a contagem de células somáticas (CCS) no leite. Para isso, foram colhidas amostras individuais de leite de vaca de várias idades em diferentes estágios de lactação na região nordeste do estado de São Paulo. Foram realizadas análises referentes ao equipamento como repetibilidade e reprodutibilidade, e de variavéis que poderiam influenciar no resultado. Dentre elas: uso de conservante, temperatura, tempo entre a colheita e análise, raça e composição do leite, além de análises visando correlacionar o Ekomilk Scan® com o método padrão-microscopia direta e de referência-citometria de fluxo. Como resultado, foi observado que para as análises das amostras não se deve acrescentar conservante e estas devem ser realizadas no mesmo dia da colheita, porém a temperatura da amostra não possui influencia significativa nos resultados. O Ekomilk Scan® não demonstrou boa correlação dos resultados com o método de microscopia direta e citometria de fluxo, sendo necessário gerar equações para uma correlação positiva entre os métodos. Assim, conclui-se que o equipamento testado não apresenta resultados precisos, contudo pode ser uma alternativa para o monitoramento da CCS em unidades produtivas desde que utilize equações de calibração dos resultados.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1