Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Características produtivas e qualitativas de frangos de corte alimentados com diferentes complexos enzimáticos / Performance and qualitative traits of broilers fed different enzymatic complexes

Barbosa Filho, J. A; Oliveira, J. P. F; Boas, A. D. C. V; Almeida, M; Dornellas, T; Hoffmann, A. C; Silva, C. A; Oba, A.
B. Indústr. Anim.; 752018. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-738941

Resumo

The aim of this work was to evaluate the effectiveness of different enzymatic complexes in productive and qualitative traits of broilers. A total of 936 male Hubbard chicks were allocated in a randomized block design with six treatments, six replicates, and 26 birds per plot. The treatments consisted of a positive control, a negative control and the addition of four enzymatic complexes to the rations, with energy devaluation according to the energy matrix of the enzymes. Performance and carcass and meat quality traits were analyzed. The use of the different enzymatic complexes (CE1 and CE2) and their devaluations provided higher feed and energy intake compared to treatments CP, CN, CE3 and CE4, but did not affect weight gain, feed conversion ratio or productive efficiency index, nor did it influence carcass, cut or meat quality traits. It is concluded that the use of enzymatic complexes changes the performance of birds without altering carcass and meat traits.(AU)
O objetivo desse trabalho foi avaliar a efetividade de diferentes complexos enzimáticos nas características produtivas e qualitativas em frangos de corte. Foram utilizados 936 pintainhos de corte macho, da linhagem Hubbard, distribuídos em um delineamento em blocos ao acaso, com seis tratamentos, seis repetições e 26 aves por parcela. Os tratamentos consistiram em controle positivo, controle negativo e utilização de quatro complexos enzimáticos utilizados em rações com desvalorização energética de acordo com a matriz energética das enzimas. Foi analisado o desempenho, características de carcaça e qualidade de carne. O uso dos diferentes complexos enzimáticos (CE1 e CE2) e suas desvalorizações proporcionaram maior consumo de ração e de energia em relação aos tratamentos CP, CN, CE3 e CE4, porém isto não refletiu no ganho de peso, conversão alimentar, índice de eficiência produtiva, além das características de carcaça, cortes e qualidade de carne. Conclui-se que a utilização de componentes enzimáticos altera desempenho das aves, sem alterar as características de carcaça e carne.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1