Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Anthelmintic resistance of injectable macrocyclic lactones in cattle: A systematic review and meta-analysis

Baiak, Barbara Haline Buss; Lehnen, Cheila Roberta; Rocha, Raquel Abdallah da.
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-740509

Resumo

Abstract The purpose of this work was to identify, critically assess, and summarize available data from primary research about the anthelmintic resistance of injectable macrocyclic lactones in cattle. Meta-analysis was performed to estimate the pooled Odds Ratio and 95% Confidence Intervals. Of the 1504 abstracts screened for eligibility, 80 were deemed relevant for full publication review. Thirteen publications were included in the qualitative synthesis and assessed for systematic bias. Only five studies were included in the quantitative analysis because they showed a low risk of producing biased results in all the parameters. The forest plot indicated four studies that discuss anthelmintic resistance (P 0.05), while only one study did not discuss anthelmintic resistance (P 0.05). The pooled estimate showed 0.59 (95% Confidence intervals: 0.08, 0.47) times higher odds for studies that report anthelmintic resistance than for studies reporting efficacious anthelmintic treatment, with significant and substantially low heterogeneity (I2=25%). Anthelmintic resistance to injectable macrocyclic lactones is a reality. There are need to improve methodological reporting in studies, which is a problem for investigations that involves systematic review and meta-analysis (SR-MA).
Resumo O objetivo deste trabalho foi identificar, avaliar criticamente e resumir os dados disponíveis da literatura primária sobre resistência anti-helmíntica a lactonas macrocíclicas injetáveis em bovinos. Uma meta-análise foi realizada para estimar o Odds Ratio e Intervalos de Confiança (95%). Dos 1504 resumos selecionados para elegibilidade, 80 foram considerados relevantes para a revisão completa da publicação. Treze publicações foram incluídas na síntese qualitativa, as quais foram avaliadas quanto ao viés sistemático. Apenas cinco estudos foram incluídos na análise quantitativa porque apresentaram um baixo risco de produzir resultados tendenciosos em todos os parâmetros. O gráfico de floresta indicou quatro estudos que apresentaram resistência anti-helmíntica (P 0,05), enquanto um não apresentou (P 0,05). A estimativa combinada mostrou uma maior probabilidade de publicações de estudos que relatam resistência anti-helmíntica no valor de 0,59 (95%: 0,8, 0,47) do que estudos relatando tratamento anti-helmíntico eficaz. Os dados apresentaram baixa heterogeneidade (I2 = 25%). A resistência anti-helmíntica a lactonas macrocíclicas é uma realidade. Há a necessidade de melhorar a metodologia dos estudos, pois é um problema para os trabalhos que envolvem revisões sistemáticas e meta-análises (RS-MA).
Biblioteca responsável: BR68.1