Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Aptidão climática da cultura da banana no estado do Piauí - Brasil / Fitness climate of culture banana in state Piauí - Brazil

França, Manoel Vieira de; Medeiros, Raimundo Mainar de; Holanda, Romildo Morant de.
Colloq. agrar.; 14(3): 12-23, jul.-set. 2018. mapas, tab, graf
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-741726

Resumo

O presente estudo expõe os elementos meteorológicos, fatores climáticos, balanço hídrico climatológico (BHC) desenvolvido por Thornthwaite e Mather, classificação climática pelos métodos de Thornthwaite e Köppen para estado do Piauí seguido de sua classificação para o cultivo de banana. Utilizou-se os dados de precipitações climatológicas médias mensais e anuais adquiridos do banco de dados coletado pela Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste –SUDENE (1990) e da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Piauí –EMATER-PI, os valores mensais e anuais de temperatura do ar foram estimados pelo método das retas de regressões lineares múltiplas utilizando-se do software Estima-T e do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET). O vento pode ser um dos fatores limitantes para a exploração comercial da bananicultura, se as cultivares forem de porte alto e plantado em solos arenosos. Em locais com elevada insolação, o período para que o cacho atinja o ponto de corte oscila entre 80 e 90 dias. Sob pouca insolação, este período de corte variar entre 85 e 112 dias após a sua emissão. A bananeira que deve ser cultivada em locais que variam de 0 a 1.000 metros acima do nível do mar demostram altimetria dentro das citações de diversos autores. As oscilações na altitude alteram a duração do ciclo da bananeira, evidenciando-se que há um aumento de 30 a 45 dias no ciclo de produção desta cultura para cada 100 m de acréscimo na altitude.(AU)
This study exposes the weather elements, climatic factors, climatic water balance (BHC) developed by Thornthwaite and Mather, climatic classification by the methods of Thornthwaite and Köppen to the state of Piauí followed by its rating for banana cultivation. It used data from climatological precipitation monthly and annual averages acquired from the database collected by the Superintendence of Northeast Development -SUDENE (1990) and Business Technical Assistance and Rural Piauí State Extension -EMATER-PI, the monthly figures and air temperature year were estimated by the method of lines of multiple linear regressions using the estimated T and the National Institute of Meteorology software (INMET). The wind can be a limiting factor for the commercial exploitation of the banana crop; the cultivars are high-sized and planted in sandy soils. In places with high insolation, the period for the bunch reaches the cutoff point is between 80 and 90 days. Under little sunshine, this cutting period vary between 85 and 112 days after issue. The banana should be grown in places that range from 0 to 1000 meters above sea level altimetry demonstrate within the quotes from various authors. Fluctuations in the altitude change the length of the banana cycle, indicating that there was an increase of 30 to 45 days in the cycle of production of culture for every 100 m increase in altitude.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1