Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Modelagem fuzzy para avaliação da produção de mudas de tomate cereja utilizando diferentes doses de polímeros e níveis de irrigação / Fuzzy modeling for evaluation of the production of cherry tomato chips using different polymer doses and irrigation levels

Viais Neto, Daniel dos Santos; Pradela, Valter Alves; Gabriel Filho, Luís Roberto Almeida; Cremasco, Camila Pires; Maria, Ana Carolina Geraldo de; Oliveira, Gustavo Silva De.
Colloq. agrar.; 14(3): 93-103, jul.-set. 2018. ilus, tab, graf
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-741734

Resumo

O tomateiro é considerado a segunda hortaliça de importância econômica no Brasil, e para o sucesso do seu cultivo depende em grande parte da utilização de mudas de qualidade, pois uma muda bem formada, dará origem a uma planta com alto potencial produtivo. A disponibilidade adequada de água é importante para se produzir boas mudas, mas em sua falta, é possível utilizar polímeros comerciais inseridos no substrato. Objetivou-se com este trabalho estudar os efeitos no desenvolvimento das mudas de tomate cereja em diferentes doses de polímeros aplicados no substrato e diferentes níveis de irrigação até a fase de transplantio utilizando modelagem fuzzy. Para tal estudo, utilizou-se de dados de um experimento realizado na Faculdade de Tecnologia de Presidente Prudente. As variáveis de entrada do sistema baseado em regras fuzzy desenvolvido foram Polímero e Irrigação, e para ambas foram definidos 5 conjuntos fuzzy. As variáveis de saída foram comprimento da parte aérea (CPA), comprimento da raiz (CR) e massa seca da muda (MSM). Para as variáveis de saída do SBRF, também foram definidos 5 conjuntos fuzzy. A análise dos efeitos das doses de polímeros e dos níveis de irrigação sobre as mudas de tomate foi realizada por meio de gráficos tridimensionais e mapas de contorno das variáveis de saída. Tal análise, permitiu concluir que, para níveis de irrigação inferiores ao máximo (irrigação diária), a utilização de 2 gramas de polímeros remete às melhores condições das variáveis comprimento da parte aérea, comprimento da raiz e massa seca da muda.(AU)
The tomato is considered the second vegetable of economic importance in Brazil and for the success of its cultivation, depends to a large extent on the use of quality seedlings, since a well formed seedling will give rise to a plant with high productive potential. Adequate water availability is important to produce good seedlings, but failing that, commercial polymers inserted into the substrate can be used. The objective of this work was to study the effects on the development of cherry tomatoes in different doses of polymers applied to the substrate and different levels of irrigation until the transplant phase using fuzzy modeling. For this study, we used data from an experiment conducted at the Faculty of Technology of Presidente Prudente. The input variables of the developed system based on fuzzy rules were Polymer and Irrigation, and for both were defined 5 fuzzy sets. The output variables were shoot length (CPA), root length (CR) and seedling dry mass (MSM). For the SBRF output variables, 5 fuzzy sets were also defined. The analysis of the effects of polymer doses and irrigation levels on tomato seedlings was performed using three –dimensional graphs and contour maps of the output variables. This analysis allowed us to conclude that, for irrigation levels below the maximum (daily irrigation), the use of 2 grams of polymers refers to the best conditions of the variables shoot length, root length and dry mass of the seedling.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1