Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Germinação de uredinosporos de Phakopsora pachyrhizi e Puccinia kuehnii sob diferentes adjuvantes

Nascimento, Jackeline Matos do; Gavassoni, Walber Luiz; Bacchi, Lilian Maria Arruda; Melo, Evandro Puhl de.
Arq. Inst. Biol.; 822015.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-743008

Resumo

ABSTRACT In Brazil Phakopsora pachyrhizi and Puccinia kuehnii are important pathogens of soybeans and sugar cane, respectively. In vitro experiments were carried out in order to evaluate P. pachyrhizi and P. kuehniiurediniospore germination under different adjuvants used in fungicide sprays to control rust diseases. Petri dishes (80 mm diameter) containing 10 mL of agar-water (1.7%) were used. In each plate 1 mL of a spore suspension with 5x105 urediniospores and 1 mL solution of adjuvants with twice the concentratation for field sprays was added. Assist(r), Veget Oil(r), Natur Oil(r), Break Thru(r)Aureo(r), Silwet(r) and Nimbus(r) were evaluated. There was a control check treatment with water. P. pachyrhiziurediniospore germination was negatively affected by all adjuvants after 2 hours of exposition. Urediniospores of the Asian soybean rust exposed to Assist(r), Break Thru(r), Aureo(r) and Nimbus(r) had lower germination rates. Germination of P. kuehnii urediniospores was lower in all adjuvant treatments after 4 hours of exposition. At 8 hours of Veget Oil(r) and Break Thru(r) exposure urediniospores of the orange rust pathogen had 96.6 and 94.8% reduction in germination compared to control check treatment.
RESUMO No Brasil, Phakopsora pachyrhizi e Puccinia kuehnii são importantes patógenos das culturas da soja e cana-de-açúcar, respectivamente. Avaliou-se a germinação in vitro de uredinosporos de P. pachyrhizi eP. kuehnii sob diferentes adjuvantes comumente utilizados em caldas fungicidas. Foram utilizadas placas de Petri com 80 mm de diâmetro, contendo 10 mL de solução ágar-água (1,7%). Adicionou-se em cada placa 1 mL de suspensão de esporos, na concentração de 5x105 esporos mL-1, e 1 mL de solução de adjuvantes, no dobro da concentração da dose recomendada pelos fabricantes. Os adjuvantes testados foram Assist(r), Veget Oil(r), Natur Oil(r), Break Thru(r), Aureo(r), Silwet(r) e Nimbus(r); em adição, o tratamento Testemunha constou apenas da exposição dos uredinosporos em água destilada esterilizada. A partir de uma hora de exposição, todos os adjuvantes reduziram a germinação de uredinosporos de P. pachyrhizi . Uredinosporos do agente causal da ferrugem asiática da soja expostos aos adjuvantes Assist(r), Break Thru(r), Aureo(r) e Nimbus(r) tiveram menor germinação a partir de duas horas de exposição. A inibição da germinação dos uredinosporos de P. kuehnii pelos adjuvantes em relação ao tratamento Testemunha aconteceu a partir de 4 horas de exposição. Às 8 horas, uredinosporos de ferrugem alaranjada da cana-de-açúcar que foram expostos aos adjuvantes Veget Oil(r) e Break Thru(r) apresentaram redução na germinação de 96,6 e 94,8%, respectivamente, quando comparados com o tratamento Testemunha.
Biblioteca responsável: BR68.1