Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Physicochemical quality of and Escherichia coli resistance profiles in urban surface waters

Malagi, I.; Sampaio, S. C.; Pinto, F. G. S.; Rosa, D. M.; Reis, R. R. dos.
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-743344

Resumo

Abstract Aquatic ecosystems of urban rivers are contaminated through waste disposal, which poses a public health problem. The objective of this research was to evaluate the quality of water used for recreation and public supply of six rivers in the city of Cascavel - Paraná, including Cascavel, Quati, Bezerra, Antas, Clarito and Amambay. Samples were collected every 4 months in 2017, and their physicochemical and microbiological parameters, as well as resistance profiles of strains of Escherichia coli to antimicrobials distributed by pharmacies of the primary healthcare network, were evaluated. Parameters such as water temperature, turbidity, total nitrogen, total phosphorus, total coliforms and thermotolerant coliforms showed significant differences. The allowed limit for thermotolerant coliforms, which was set by National Environment Council, Resolution 357/2005, was exceeded in all of the six analyzed rivers. It was determined that 48.1% of E. coli strains showed resistance to nine antimicrobial tested. The highest levels of resistance were found for ampicillin (27.7%), tetracycline (27.7%) and amoxicillin (24.0%). The results of this study contribute to the understanding of the hazards associated with the contamination of springs in urban centers with wastewater containing resistant bacteria. Therefore, recovery work is necessary in these areas because of the importance of these water sources for the entire western region of Paraná state.
Resumo Os ecossistemas aquáticos dos rios urbanos são contaminados pela disposição de resíduos, o que representa um problema de saúde pública. Esta pesquisa teve por objetivo avaliar a qualidade das águas utilizadas para recreação e abastecimento público de seis rios da cidade de Cascavel Paraná, sendo eles: Cascavel, Quati, Bezerra, Antas, Clarito e Amambay. Amostras foram coletadas a cada 4 meses em 2017, e seus parâmetros físico-químicos e microbiológicos, bem como os perfis de resistência das cepas de Escherichia coli aos antimicrobianos distribuídos pelas farmácias da rede básica de saúde, foram avaliados. Parâmetros como temperatura da água, turbidez, nitrogênio total, fósforo total, coliformes totais e coliformes termotolerantes apresentaram diferenças significativas. O limite permitido para coliformes termotolerantes, estabelecido pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente, Resolução 357/2005, foi excedido em todos os seis rios analisados. Foi determinado que 48,1% das cepas de E. coli apresentaram resistência aos nove antimicrobianos testados. Os maiores níveis de resistência foram encontrados para ampicilina (27,7%), tetraciclina (27,7%) e amoxicilina (24,0%). Os resultados deste estudo contribuem para a compreensão dos riscos associados à contaminação de nascentes em centros urbanos com efluentes contendo bactérias resistentes. Portanto, o trabalho de recuperação é necessário nessas áreas, devido à importância dessas fontes de água para toda a região oeste do estado do Paraná.
Biblioteca responsável: BR68.1