Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Surto de botulismo tipo C em equinos no Rio Grande do Sul / Outbreak of type C botulism in horses in Rio Grande do Sul

Argenta, Fernando F; Konradt, Guilherme; Bassuino, Daniele M; Caprioli, Rafaela A; Laisse, Cláudio J. M; Borsanelli, Ana Carolina; Dutra, Iveraldo S; Driemeier, David.
Pesqui. vet. bras; 37(12): 1369-1372, dez. 2017. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-743391

Resumo

O botulismo nos animais domésticos é uma intoxicação fatal ocasionada pela ingestão da neurotoxina de Clostridium botulinum. Este trabalho descreve os aspectos epidemiológicos, clínicos e laboratoriais de um surto de botulismo tipo C em equinos de uma propriedade rural no município de Porto Alegre, Rio Grande do Sul. Do total de 20 equinos, sete (35%) foram acometidos e morreram, e um eutanasiado após apresentar prognóstico desfavorável. Os cavalos, criados extensivamente, apresentaram sinais clínicos semelhantes, caracterizados por dificuldade de locomoção, letargia, paralisia flácida progressiva, tremores musculares, sudorese, ataxia e quedas frequentes. Quatro equinos foram necropsiados e não apresentaram lesões macroscópicas e microscópicas significativas. Amostras de encéfalo e medula espinhal foram enviados para realização do exame de imunofluorescência direta e foram negativas para o vírus da raiva. Fragmentos de fígado dos quatro equinos necropsiados, amostras de sedimento do solo e água suspeita de dois açudes da propriedade foram avaliados pelo exame direto para a verificação da presença de toxina botulínica e/ou esporos de Clostridium botulinum. No bioensaio em camundongos e soroneutralização pode-se detectar toxina botulínica tipo C em uma amostra de fígado, ao passo que as amostras de sedimento do solo e água foram negativas em todos os ensaios. Com base nos dados epidemiológicos, clínicos e laboratoriais pode-se estabelecer o diagnóstico etiológico de botulismo causado pela toxina botulínica do tipo C, e sugere-se, a água estagnada dos açudes como aprovável fonte da toxina.(AU)
Botulism in domestic animals is a fatal poisoning caused by ingestion of Clostridium botulinum neurotoxin. This paper describes epidemiological, clinical and laboratorial aspects of a botulism type C outbreak in horses in a farm in Porto Alegre, Rio Grande do Sul. From a total of 20 horses, seven (35%) were affected and died, and one was euthanized after presenting poor prognosis. The horses, which were raised extensively, showed similar clinical signs, that included limited mobility, lethargy, progressive flaccid paralysis, muscle tremors, sweating, ataxia, and frequent falls. Four horses were necropsied and did not show significant macroscopic and microscopic lesions. Brain and spinal cord samples were analyzed by direct immunofluorescence and were negative for rabies. Liver fragments from the four necropsied horses, soil sediment samples, and suspect water from two reservoirs were evaluated by direct exam to verify the botulinum toxin and/or Clostridium botulinum spores presence. In the serum neutralization bioassay in mice, the type C botulinum toxin was detected in one liver sample, at the same time that the soil sediment and water samples were negative in all assays. Based on the epidemiological, clinical and laboratory data the etiological diagnosis of botulism was established by being caused by botulinum toxin type C, and it is suggested that the stagnant water of the dams is the likely source of the toxin.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1