Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

C-Peptides for diagnostics and therapy: a veterinary medicine point of view

Rosenfield, Derek A.; Nichi, Marcilio; Pizzutto, Cristiane Schilbach.
Pesqui. vet. bras; 37(1)2017.
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-743596

Resumo

ABSTRACT: Empirical studies proved that C-peptides are performing numerous intrinsic biological roles, and serve as a marker for pancreatic performance analysis. Since the last decade, C-peptide assays for differential diagnosis in veterinary diabetic patients are becoming more available, but still only for a very limited number of species. Studies on C-peptide as a diagnostic tool, therapy for associated complications, or as replacement therapies for C-peptide deficiency still showed not to be a common practice in veterinary medicine. This review was conducted to determine the potential importance of C-peptide in Veterinary Medicine, relevant in the diagnosis of diabetes and for other metabolic processes, as well as its proposed therapeutic benefits. Numerous articles were identified that reported positive results in their experimental studies, whether C-peptide as a biomarker for pancreatic performance in dogs, cats, and horses, as a non-invasive method to monitor nutritional status in primates, or to investigate its potential therapeutic benefits for diabetes-related illnesses.
RESUMO: Os estudos empíricos provaram que o peptídeo C realiza várias funções biológicas intrínsecas e serve também como um marcador para a análise de desempenho do pâncreas. Nesta última década os ensaios peptídeo C para o diagnóstico diferencial em doentes diabéticos veterinários estão mais disponíveis, contudo apenas em um limitado número de espécies. Estudos sobre C-peptídeo como ferramenta de diagnóstico, terapia de complicações associadas ou como terapias de reposição na sua deficiência ainda não é prática comum na Medicina Veterinária. Esta avaliação foi realizada para determinar a importância potencial de peptídeo C na Medicina Veterinária, relevante no diagnóstico de diabetes e também em outros processos metabólicos, assim como os benefícios terapêuticos propostos. Foram identificados numerosos artigos que reportaram resultados positivos nos seus estudos experimentais, quer o peptídeo C fosse utilizado como biomarcador para o desempenho do pâncreas em cães, gatos e cavalos, como um método não invasivo para monitorar o estado nutricional em primatas, quer para investigar o seu potencial terapêutico benéfico para doenças relacionadas ao diabetes.
Biblioteca responsável: BR68.1