Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Avaliação morfológica e morfométrica da articulação umerorradioulnar em cães através de exames radiográficos e por tomografia computadorizada

Sendyk-Grunkraut, Alessandra; Martín, Cláudia M.; Souza, Alexandre N.A.; Patrício, Geni Cristina F.; Lorigados, Carla A.B.; Matera, Julia M.; Fonseca-Pinto, Ana C.B.C..
Pesqui. vet. bras; 37(2)2017.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-743616

Resumo

ABSTRACT: Elbow dysplasia disease includes an united anconeal process, fragmented medial coronoid process, osteochondrosis of humeral trochlea, articular incongruity and degenerative joint disease. The aim of this study was to present detailed morphologic and morphometric aspects of the elbow joint in dog in clinical and correlate with radiographic and tomographic (CT) exam. Inter-observer variation for articular incongruity measurements by CT, comparative analysis in the radiographic exam, angle in ulnar notch and its comparative analysis between radiographic and tomographic agreement examination in 44 elbow of dogs with different ages were evaluated. The statistics analyses included the kappa coefficient and interclass correlation and Fischers test and McNemars test. It was evidenced that individual performance of each radiographic incidence had poor agreement with the tomographic exam, suggesting that the accomplishment of more than two radiograph views are needed. There was no agreement between the three evaluators in the ulnar notch angle at radiographic and tomographic exams. However, there was good/moderate agreement for articular incongruity measurement in the sagittal plane between evaluators. It was possible to conclude that none of the five radiographic incidences was better than the others for radiographic analysis because each incidence had a better identification of a particular elbow compartment; measurements at the tomographic exam to evaluate radioulnar incongruity had no reproductiveness in the frontal plane, but in sagittal plan had a good/moderate agreement between observers and the angle in ulnar notch presented no repeatability at radiographic exam and no reproductiveness at tomographic exam.
RESUMO: Este estudo teve como objetivo apresentar de forma detalhada dados morfológicos e morfométricos da articulação umerorradioulnar de cães de raça definida avaliados por meio de exames físicos, radiográficos e tomográficos. A amostra dessa pesquisa constituiu-se de 44 cotovelos de cães com idades variadas. Para análise de informações obtidas, o coeficiente kappa e de correlação interclasse e associação foram realizados. Constatou-se que o desempenho individual de cada projeção radiográfica teve pobre concordância com o exame tomográfico; não houve concordância entre os observadores para as mensurações do ângulo da incisura ulnar ao exame radiográfico e tomográfico. Porém houve boa/moderada concordância para mensuração da incongruência radioulnar no plano sagital entre os observadores. Concluiu-se que nenhuma das cinco incidências radiográficas foi superior para análise radiográfica, uma vez que cada projeção apresentou melhor identificação de um compartimento do cotovelo. Medidas ao exame tomográfico para incongruência radioulnar não apresentaram reprodutibilidade no plano de reconstrução frontal, entretanto no corte sagital apresentaram boa e moderada concordância entre os observadores e que a mensuração do ângulo da incisura ulnar não apresentou repetibilidade ao exame radiográfico e nem reprodutibilidade ao exame tomográfico. Esses resultados contribuem para melhor utilização de cada exame de acordo com a região a ser avaliada bem como ressaltam a necessidade da somatória de múltiplos exames de imagem para a correta avaliação desta afecção.
Biblioteca responsável: BR68.1