Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Colloid osmotic pressure during and after surgical interventions in adult and geriatric dogs

Rego, Mario A.F.; Conti-Patara, Andreza; Carvalho, Haley S. de; Cortopassi, Silvia R.G..
Pesqui. vet. bras; 38(1)2018.
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-743739

Resumo

ABSTRACT: The objective this study is to evaluate colloid osmotic pressure (COP) fluctuations in adult and senile dogs during surgical interventions. Thirty-six healthy dogs to surgical interventions, distributed in two groups, A and B, according to their age, and were all subjected to the same anesthetic protocol. Values of albumin, total plasmatic protein and COP were evaluated from samples collected before pre-anesthetic medication, fifteen minutes after pre-anesthetic medication, and shortly after the end of the intervention. Results were tested using t-test to compare among groups and ANOVA for repeated measures followed by Tukeys test to compare different moments within the same group. Statistical significance was set at p 0.05. In both groups, significant decreases were observed in colloid osmotic pressure, as well as albumin and total proteins (p 0.001). Despite slightly lower COP values for the group of adult animals, this difference was not significant as there was a high individual variation within groups. The results therefore indicate no difference in colloid osmotic pressure values or fluctuation patterns among adult and senile dogs (p=0.124). The observed results indicate that colloid osmotic pressure decreases significantly during surgical procedures, due to hypotension caused by the anesthetic drugs and to hemodilution caused by the fluid administration but there is no difference between groups. However, in both adult and senile dogs, these variables recover gradually after the animals awaken, through increased urine production and recovery of vascular tonus, indicating the successful reestablishment of homeostasis.
RESUMO: O objetivo deste estudo é avaliar as flutuações da pressão coloidosmótica (PCO) em cães adultos e idosos durante a intervenção cirúrgica. Foram utilizados 36 cães hígidos submetidos à intervenção cirúrgica, distribuídos em dois grupos de acordo com a idade e submetidos ao mesmo protocolo anestésico. Os valores de albumina, proteína plasmática total e PCO foram avaliados de amostras coletadas antes da medicação pré-anestésica, 15 minutos após e ao final do procedimento cirúrgico. Os dados obtidos foram analisados através do teste-t para comparação entre os grupos e ANOVA para medidas repetidas seguido do teste de Tukey para comparar diferentes momentos dentro do mesmo grupo. Foram considerados estastisticamente diferentes com p 0.05. Em ambos os grupos foram observados decréscimo dos valores da pressão coloidosmótica, como os valores de albumina e proteína total (p 0.001). Apesar de ligeiramente inferior, os valores de PCO para o grupo adulto não apresentaram diferença significativa. Os resultados indicam que não houve diferença nos valores da pressão oncótica ou padrão de flutuação entre adultos e idosos (p=0,124). Os resultados observados indicam significativo decréscimo da pressão coloidosmótica durante os procedimentos cirúrgicos devido à hipotensão causada pelos fármacos anestésicos e pela hemodiluição causada pela administração de fluídos, mas não houve diferença entre os grupos. Entretanto, tanto em cães adultos como idosos, essas variações retornaram gradualmente após a recuperação dos animals, através do aumento da produção de urina e da recuperação do tônus vascular, indicando restabelecimento da homeostase.
Biblioteca responsável: BR68.1