Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Estimation, morphometry and ultrastructure of ovarian preantral follicle population in agouti (Dasyprocta leporina)

Santos, Erica A.A.; Lima, Gabriela L.; Praxedes, Erica C.G.; Silva, Andréia M.; Maia, Keilla M.; Oliveira, Moacir F.; Rodrigues, Ana Paula R.; Silva, Alexandre R.
Pesqui. vet. bras; 38(1)2018.
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-743745

Resumo

ABSTRACT: The aim of this study was to characterize the preantral ovarian follicular population in agoutis (D. leporina) by estimating the number of follicles at each developmental category, and also describe the morphometry and the specific features of the follicle and the oocyte by using light and transmission electron microscopy. The length of each ovary was measured using a caliper rule, longitudinally sectioned into two halves and both were immediately fixed to perform the estimation of follicular population and ultrastructural analysis. The mean (±S.E.M.) population of follicular per pair of ovary was estimated at 4419.8±532.26 and 5397.52±574.91 for right and left ovaries, respectively, but no differences were observed between them. The diameters for follicles, oocyte and nuclei were: 18.62±3.40m, 12.28±2.37m and 6.10±0.93m for primordial, 23.75±5.70m, 14.22±3.00m and 6.70±1.24m for primary and 88.55±17.61m, 52.85±17.56m and 22.33±17.61m for secondary follicles, respectively. The most of the follicles found belonged to the primordial category (86.63%), followed by primary (13.01%) and secondary (0.35%) one. Additionally, polyovular follicles were observed in all the animals and they represented 7.51% of the total follicles counted. The ultrastructural analysis showed that the oocyte presented a central and regular nuclei, displaying a homogenous mass. Among the organelles, the mitochondria were the most abundant and the oocyte Golgi apparatus was rarely observed. In conclusion, this work shows for the first time the characterization of the population of preantral follicles in the ovary of Dasyprocta leporina. Those information will be useful for further development and adaptation of biotechniques such as germplasm cryopreservation and in vitro gametes manipulation.
RESUMO: O objetivo deste trabalho foi caracterizar a população folicular ovariana pré-antral em cutias (D. leporina) estimando o número de folículos em cada categoria de desenvolvimento, e também descrever a morfometria e as características específicas do folículo e oócito usando microscopia de luz e eletrônica de transmissão. O comprimento de cada ovário foi medido utilizando um paquímetro, seccionados longitudinalmente em duas metades e ambos foram imediatamente fixados para realizar a estimativa da população folicular e análise ultraestrutural. A média (±S.E.M.) da população folicular por par de ovário foi estimada em 4419,8±532,26 e 5397,52±574,91 nos ovários direito e esquerdo, respectivamente, mas não foram observadas diferenças entre eles. Os diâmetros dos folículos, oócito e núcleos, respectivamente, foram: 18,62±3,40m, 12,28±2.37m e 6,10±0,93m para primordial, 23,75±5,70m, 14,22±3,00m e 6,70±1,24m para primário e 88,55±17,61m, 52,85±17,56m e 22,33±17,61m de folículos secundários. A maioria dos folículos encontrados pertencia à categoria primordial (86,63%), seguido pelo primário (13,01%) e um secundário (0,35%). Adicionalmente, os folículos poliovulares foram observados em todos os animais e representavam 7,51% do total de folículos contados. A análise ultra-estrutural mostrou que o oócito apresentou núcleos centrais e regulares, exibindo uma massa homogênea. Dentre as organelas, as mitocôndrias foram as mais abundantes e o aparelho de Golgi do oócito foi raramente observado. Em conclusão, este trabalho mostra pela primeira vez a caracterização da população de folículos pré-antrais do ovário da Dasyprocta leporina. Essas informações serão úteis para o desenvolvimento e adaptação de biotécnicas, como a criopreservação de germoplasma e manipulação de gametas in vitro.
Biblioteca responsável: BR68.1