Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Avaliação de IFN- e IL-10 em cães naturalmente infectados com Leishmania (Leishmania) chagasi com e sem manifestações clínicas

Rosário, Carla J.R.M.; Dominici, Marina F.; Braga, Maria S.C.O.; Lima, Cristian A.A; Pereira, José G.; Melo, Ferdinan A..
Pesqui. vet. bras; 38(4)2018.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-743790

Resumo

ABSTRACT: Leishmaniasis has as obligatory intracellular parasitic etiological agents belonging to the genus Leishmania capable of infecting different species of mammals and reproducing them within the mononuclear phagocytic system. Domestic dogs are the main responsible for maintaining the epidemiological chain of the disease, presenting a wide variety of clinical profiles, from apparently healthy to severely affected. The expression of the cytokines from dogs naturally infected with Leishmania (Leishmania) chagasi was evaluated. Blood samples were collected from 50 animals, 20 from positive and symptomatic dogs for Leishmaniasis Canine (CVL), 20 from positive asymptomatic animals and 10 negative. Samples were analyzed by immunochromatographic test Dual Path Platform (DPP/Biomanguinhos®) and by indirect ELISA (EIE/Biomanguinhos®) for detection of anti-Leishmania antibodies. There was statistical difference between the groups observing an increase in IFN- levels in asymptomatic animals and an IL-10 increase in symptomatic.
RESUMO: As leishmanioses têm como agentes etiológicos parasitas intracelulares obrigatórios pertencentes ao gênero Leishmania capazes de infectar diferentes espécies de mamíferos e nestes se reproduzirem dentro do sistema fagocítico mononuclear. Os cães domésticos são os principais responsáveis pela manutenção da cadeia epidemiológica da doença, podendo apresentar uma grande variedade de perfis clínicos, desde aparentemente sadios a severamente acometidos. Avaliou-se a expressão das citocinas de cães naturalmente infectados com Leishmania (Leishmania) chagasi. Foram coletadas 50 amostras, sendo 20 de animais positivos e sintomáticos para Leishmaniose Visceral Canina (LVC), 20 de animais positivos e assintomáticos e 10 de animais sabidamente negativos para a LVC. As amostras foram analisadas pelo teste imunocromatográfico rápido Dual Path Platform (DPP/Biomanguinhos®) e pelo ELISA (EIE/Biomanguinhos®) indireto para detecção de anticorpos anti-Leishmania. Após as confirmações dos testes, foi realizado o ELISA de captura (R & D Systems) para quantificação das citocinas IL-10 e IFN-. Houve diferença estatística entre os grupos observando um aumento nos níveis de IFN- nos animais assintomáticos e um aumento de IL-10 nos sintomáticos.
Biblioteca responsável: BR68.1