Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Permanent wilt point from two methods for different combinations of citrus rootstock

Ferreira, Rivani Oliveira; Souza, Luciano da Silva; Nascimento, Marilza Neves do; Silveira, Felipe Gomes Frederico da.
Ci. Rural; 50(1)2020.
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-744221

Resumo

ABSTRACT: Considering that water is extremely important in agricultural production, but with restricted availability in some Brazilian regions, this research sought to identify the water limit for the rootstocks: Cleóptra tangerine (Citrus reshni hort. Ex Tan), Volkamer lime (Citrus Volkameriano Pasquale), Citrandarin indio (TSK X TRENG 256), Santa Cruz Rangpur lime (Citrus × limonia) and Sunki Tropical tangerine (Citrus sunki HORT. EX TAN) grafted orange Pera (Citrus sinensis), obtained by two methods: the traditional method of determining the permanent wilting point described by SHANTZ & BRIGGS (1912) recovery of plants with saturated environment and by irrigating recovery method. The experimental design used was in a completely randomized design with four replications totaling 20 experimental plots. It was verified that the rootstocks Cravo Santa Cruz lemon and Volkamerian lemon were the most resistant in initial conditions of water restriction, evaluated by the method of BRIGGS & SHANTZ (1912), with recording of humidity of 0.0488 and 0.0489 respectively. Under more severe conditions of water restriction, determined by the irrigation method, Volkamerian lemon presented the highest resistance, with a humidity of 0.0371.
RESUMO: Considerando que a água é extremamente importante na produção agrícola, mas com restrita disponibilidade em algumas regiões brasileiras, é que esse trabalho buscou identificar o limite hídrico inferior para os porta-enxertos: tangerina Cleóptra (Citrus reshni hort. Ex Tan), limão Volkameriano (Citrus Volkameriano Pasquale), citrandarin Indio -TSK X TRENG 256, limão Cravo Santa Cruz (Citrus × limonia) e tangerina Sunki Tropical (Citrus sunki HORT. EX TAN) enxertadas em laranja Pêra (Citrus sinensis), obtidos por dois métodos: o método tradicional de determinação do ponto de murchamento permanente descrito por BRIGGS & SHANTZ (1912) com recuperação das plantas em ambiente saturado e o método de recuperação por rega. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, com quatro repetições, totalizando 20 parcelas experimentais. Verificou-se que os porta-enxertos limão Cravo Santa Cruz e o limão Volkameriano foram os mais resistentes em condições iniciais de restrição hídrica, avaliado pelo método de BRIGGS & SHANTZ (1912), com registro das umidades de 0,0488 e 0,0489, respectivamente. Em condições mais severas de restrição hídrica, determinado pelo método de rega, o limão Volkameriano foi o que apresentou maior resistência, com a umidade de 0,0371.
Biblioteca responsável: BR68.1