Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Effect of termite activity on soil under different land management strategies / Efeito da atividade de térmitas no solo sob diferentes manejos

Pinheiro, Liane Barreto Alves; Camara, Rodrigo; Pereira, Marcos Gervasio; Lima, Eduardo; Correia, Maria Elizabeth Fernandes; Martins, Cristiane Miranda; Zonta, Everaldo; Menezes, Carlos Eduardo Gabriel.
Semina Ci. agr.; 38(1): 143-156, 2017.
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-744537

Resumo

Mound-building termites are important agents of soil bioperturbation, but these species have not been extensively studied thus far. The present study aimed to evaluate the soil particle-size and the chemical attributes of termite mounds and the surrounding soil under different land use strategies. A one-hectare plot was defined for an unmanaged degraded pasture, planted pasture, and for a eucalyptus Corymbia citriodora plantation. In each plot, the top, center, and base sections of five Cornitermes cumulans mounds, and the surrounding soil at the depths of 0-5; 5-10; 10-20 cm, were sampled in the Pinheiral, Rio de Janeiro state. In the three areas, the center of the mounds contained higher clay content, organic carbon, phosphorous, calcium and magnesium, total bases, and cation exchangeable capacity, when compared to the top, base, and the surrounding soils. However, the center had lower values of exchangeable acidity and potassium, of the three areas. In the eucalyptus plantation, the values of pH, total bases, calcium, and magnesium were lower, whereas aluminum, exchangeable acidity, sodium, and cation exchange capacity were higher both in the mounds and in the surrounding soil, in relation to the pastures. There were no differences among the three areas in terms of organic carbon, potassium, phosphorous, and total bases, in the mounds and adjacent soil. Thus, the termite act
Térmitas construtores de montículos são importantes agentes modificadores do solo, mas estudos são necessários para a melhor compreensão deste processo. O presente estudo objetivou avaliar a granulometria e os atributos químicos do material formador de montículos de térmitas e compará-los com o solo adjacente não trabalhado pelos organismos, em diferentes tipos de manejo do solo. Coletou-se o material individualizado em topo, base e centro de cinco montículos de Cornitermes cumulans, bem como do solo adjacente não trabalhado (camadas de 0-5, 5-10 e 10-20 cm), em 1 ha demarcado em áreas de pastagem não manejada degradada, pastagem formada e plantio do eucalipto Corymbia citriodora, em Pinheiral, RJ. Nestas três áreas, a seção central dos montículos apresentou maiores valores de conteúdo de argila, carbono orgânico, fósforo, cálcio e magnésio, soma de bases e capacidade de troca catiônica, em comparação com o topo, base e o solo adjacente. Contudo, no centro dos montículos observou-se menores valores de acidez extraível e potássio, em relação ao topo, base e o solo adjacente nas áreas estudadas. No plantio de eucalipto, os valores de pH, soma de bases, cálcio e magnésio foram menores, enquanto que os valores de alumínio, acidez extraível, sódio e capacidade de troca catiônica foram maiores, nos termiteiros e no solo adjacente, quando comparado com as pastagens. Não houve diferenç
Biblioteca responsável: BR68.1