Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Super absorbent polymer application in seeds and planting furrow: it will be a new opportunity for rainfed agriculture / Polímero superabsorvente em sementes e no sulco de plantio: uma nova oportunidade para agricultura de sequeiro

Barros, Angélica Fátima de; Pimentel, Leonardo Duarte; Araujo, Eduardo Fontes; Macedo, Leandro Roberto de; Martinez, Herminia Emilia Prieto; Batista, Vanessa Aparecida Pereira; Paixão, Mateus Queiroz da.
Semina Ci. agr.; 38(4): 1703-1714, 2017.
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-744625

Resumo

Brazil is the fourth largest grain producer in the world. Its agriculture is mainly rainfed, with two cropping seasons per year. While the first crop (i.e., spring/summer) receives greater precipitation, the second crop (i.e., autumn/winter) is associated with greater risk of crop failure mainly due to the low rainfall, suggesting that technologies that could optimize water use during that period are needed. Superabsorbent polymers (SAP) are used in the forestry sector to reduce seedling mortality and the frequency of irrigation of eucalyptus and pinus glue owing to their ability to increase water storage capacity in the soil. However, to our knowledge, very little is known about the use of PSA in annual agricultural crops. To this end, the effects of PSA, as a seed coat or applied in the planting grooves, on the initial development of sorghum seedlings under conditions of water deficit were evaluated in two experiments under greenhouse conditions. In experiment 1, sorghum seeds with and without PSA coating were seeded in trays and subjected to three irrigation intervals to induce water deficit. The percentage of emergence and emergence speed index were evaluated and, at 26 days after sowing, seedling height, number of leaves per plant, survival rate, and dry mass of shoot and root were evaluated. In experiment 2, the seeds of sorghum with and without PSA coating were sown in p
O Brasil é o quarto maior produtor de grãos no mundo. Sua agricultura é baseada em cultivos de sequeiro, com duas safras por ano. A segunda safra é a mais afetada, por estar associada à maiores riscos climáticos, principalmente pela baixa pluviosidade nos meses de janeiro à abril. Nesse sentido, tecnologias que otimizem o uso da água podem reduzir os riscos de quebra de safra. O uso de polímeros superabsorventes (PSA) vem sendo consolidado no setor florestal, visando reduzir a mortalidade de mudas e a frequência de irrigações de pegamento de eucalipto e pinus devido ao aumento da capacidade de armazenamento de água no solo. Entretanto, não há relatos sobre o uso do PSA em culturas anuais. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito do PSA como revestimento de sementes e no sulco de plantio no desenvolvimento inicial de plântulas de sorgo sob condições de déficit hídrico. Foram conduzidos dois experimentos em casa de vegetação. No experimento 1, sementes de sorgo com e sem revestimento com PSA foram semeadas em bandejas e submetidas a três intervalos de irrigação para induzir déficit hídrico nas plântulas. Avaliou-se a porcentagem de emergência e o índice de velocidade de emergência e, aos 26 dias após a semeadura, foram avaliadas a altura de plântulas, número de folhas por planta, taxa de sobrevivência e massa seca da parte aérea e da raiz. No experimento 2 foram semeadas em
Biblioteca responsável: BR68.1