Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Carcinoid of the gallbladder in two dogs / Carcinoide de vesícula biliar em dois cães

Argenta, Fernando Froner; Pereira, Paula Reis; Bertolini, Marianna; Fratini, Letícia Mendes; Saccaro, Renata de Oliveira; Sonne, Luciana; Driemeier, David; Pavarini, Saulo Petinatti.
Ci. Rural; 50(2): e20190445, Mar. 2, 2020. ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-744688

Resumo

A carcinoid is a rare neoplasm derived from neuroendocrine cells that may arise in the hepatobiliary system. This report described two cases of carcinoid of the gallbladder in dogs, with emphasis on the clinical, pathological and immunohistochemical aspects. Case 1 was a 10-year-old female Shih Tzu, with a history of prostration and occasional episodes of diarrhea and vomiting. Case 2 was a 10-year-old male Cocker Spaniel, with a history of diarrhea and abdominal pain. Abdominal ultrasonography suggested a neoplasm of the gallbladder in both cases. The dogs underwent cholecystectomy, and 10% formalin-fixed samples were sent for pathological examination. Histologically, a neoplastic proliferation of neuroendocrine cells was observed in the gallbladder submucosa of both cases. Immunohistochemical labeling for neuroendocrine antibodies, such as synaptophysin, neuron-specific enolase and chromogranin A, confirmed the diagnoses. Carcinoid of the gallbladder is a rare neoplasm in dogs, without specific clinical signs, but should be included in the differential diagnosis of lesions that affect this organ.(AU)
Carcinoide é um neoplasma raro derivado de células neuroendócrinas, que pode surgir no sistema hepatobiliar. Este relato descreve dois casos de carcinoide da vesícula biliar em cães, com ênfase nos aspectos clínicos, patológicos e imuno-histoquímicos. O caso 1 era uma fêmea, Shih Tzu de 10 anos de idade, com histórico de letargia e ocasionais episódios de diarreia e vômito. O caso 2 era um macho, Cocker Spaniel de 10 anos, que apresentava diarreia e dor abdominal. Através da ultrassonografia abdominal foi sugerida neoplasia na vesícula biliar em ambos os casos. Os caninos foram submetidos à colecistectomia e amostras em formol a 10%, seguidamente, foram enviadas para o laboratório de patologia. Histologicamente, observou-se proliferação neoplásica de células neuroendócrinas na submucosa da vesícula biliar nos dois casos. A marcação imuno-histoquímica para os anticorpos neuroendócrinos, como sinaptofisina, enolase específica de neurônios e cromogranina A confirmou o diagnóstico. Carcinoide de vesícula biliar é uma neoplasia rara em cães, sem sinais clínicos específicos, mas deve ser incluída no diagnóstico diferencial das lesões que afetam esse órgão.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1