Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Impact of adult son's marriage squeeze on the mental health of parents in rural China / Impacto do casamento dos filhos adultos na saúde mental dos pais na China rural

Chen, Guangyan; Si, Wei; Qiu, Lingling.
Ci. Rural; 50(2): e20190724, Mar. 2, 2020. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-744689

Resumo

Studying the influencing factors and interventions of mental health in rural China has important practical significance for promoting personal development and social progress. Using the 2016 waves of the China Family Panel Studies data, this paper examined the effect of adult sons marriage squeeze on parents mental health in rural China and its corresponding mechanisms. Our study showed a significant negative association between adult sons marriage squeeze and the mental health status of rural parents. Moreover, the negative association of adult sons marriage squeeze with mental health is larger for female parents, parents who are less than 60 years old and parents living with children. In addition, we investigated possible mechanisms of the effect, including intergenerational support, intergenerational relationship and neighborhood relationship, and that adult sons marriage squeeze mainly damages the mental health of rural parents by increasing the downstream intergenerational support of rural parents and worsening intergenerational and neighborhood relationships.(AU)
O estudo dos fatores e intervenções de saúde mental na China rural tem um significado prático importante para promover o desenvolvimento pessoal e o progresso social. Usando dados de 2016 provenientes do China Family Panel Studies (CFPS), este artigo estudou o efeito do “aperto do casamento” de um filho adulto, na saúde mental dos pais, na zona rural da China e seus mecanismos correspondentes. O termo aperto do casamento refere-se a um desequilíbrio entre o número de homens e mulheres disponíveis para se casar em uma determinada sociedade. Nesse estudo evidencia-se uma associação significativamente negativa entre o “aperto no casamento” do filho adulto e o estado de saúde mental dos pais rurais. Além disso, a associação negativa do “aperto do casamento” de um filho adulto com a saúde mental é maior para mães, pais com menos de 60 anos e pais que vivem com filhos. Além disso, investigamos possíveis efeitos, incluindo apoio intergeracional, relacionamento intergeracional e relacionamento de vizinhança, e descobrimos que o aperto do casamento do filho adulto prejudica principalmente a saúde mental dos pais rurais, aumentando o apoio intergeracional e piorando relações intergeracionais e de vizinhança.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1