Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Electrocardiographic and laboratory alterations in anorexic cats / Alterações eletrocardiográficas e laboratoriais em gatos anoréxicos

Junckes, Jessica; Cavalcanti, Eduarda Aléxia Nunes Louzada Dias; Ignácio, Thames Camargo; Carvalho, Roberta Oliveira de; Cavalcanti, Guilherme Albuquerque de Oliveira; Palhares, Maristela Silveira.
Semina Ci. agr.; 41(3): 1061-1066, 2020.
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-744911

Resumo

Anorexia, the result of inadequate nutrient intake, can lead to death and is a constant problem in the feline clinic. However, we did not find any previous studies that evaluated cardiac measures in felines. Therefore, we evaluated 27 emaciated cats by means of hematological exams, urinalysis, and electrocardiography. In the serum, we noted increased creatine kinase, aspartate aminotransferase, and lactate enzyme levels. Further, 62.96% of the cats exhibited electrocardiographic alterations. The most frequent electrocardiographic changes were increased QRS complex duration and QT interval increase. As clinicians become more aware of cardiovascular complications related to malnutrition, they are better able to recognize and assist this animal class.
A anorexia é resultante do consumo inadequado de nutrientes, pode levar ao óbito e é um problema constante na clínica de felinos. Porém não se encontram avaliações cardíacas na espécie felina. Portanto, avaliaram-se por meio de exames hematológicos, de urinálise e eletrocardiográficos 27 gatos emaciados. Observaram-se aumento nas enzimas séricas creatina quinase, aspartato aminotrasnferase e Lactato, além de alterações eletrocardiográficas em 62,96% dos gatos. As alterações eletrocardiográficas mais encontradas foram aumento na duração do complexo QRS e aumento no intervalo QT. Á medida que os clínicos se tornam mais conscientes das complicações cardiovasculares relacionados a desnutrição são mais capazes de reconhecer e auxilar melhor essa classe animal.
Biblioteca responsável: BR68.1