Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Efeito heterótico nas partes não-integrantes a carcaça de novilhos terminados em confinamento

Cattelam, Jonatas; Brondani, Ivan Luiz; Alves Filho, Dari Celestino; Argenta, Flânia Mônego; Siqueira Junior, Vicente; Martini, Patrícia Machado.
Ci. Anim. bras.; 15(2)2014.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-745018

Resumo

The objective of this study was to evaluate the heterotic effect on non-integrant parts of carcass from steers of the breeds Charolais (Ch) and Nellore (Ne) and crossbreeds from fifth (21/32Ch 11/32Ne; 21/32Ne 11/32Ch) and sixth (43/64Ch 21/64Ne; 43/64Ne 21/64Ch) generation, finished in feedlot. The heterotic effect was positive for slaughter weight, empty body weight in both generations, head in fifth (1.29 kg) and sixth (1.04 kg) generation and ears in fifth generation (0.17 kg). There was a heterotic effect on fifth and sixth generation for rumen-reticule and intestines, respectively, and abomasum on fifth generation. In absolute weight, a heterotic effect was observed on fifth generation for heart, lungs, kidneys and spleen (0.14; 0.11; 0.55 and 0.16 kg, respectively) and lungs in sixth generation (0.61 kg). The heterotic effect was positive for fats of heart, kidney and digestive tract in both generations and for inguinal fat in sixth generation. In relation to empty body weight, there were heterotic effects for rawhide, in both generations, ears in fifth generation, and heart fat and blood in sixth generation. The crossbred steers showed higher weights for different external compounds in relation to purebred Charolais or Nellore
Objetivou-se avaliar o efeito heterótico sobre as partes não-integrantes da carcaça de novilhos do cruzamento entre as raças Charolês (Ch) e Nelore (Ne) e cruzados entre essas raças de quinta (21/32Ch 11/32Ne; 21/32Ne 11/32Ch) e sexta (43/64Ch 21/64Ne; 43/64Ne 21/64Ch) gerações, terminados em confinamento. O efeito heterótico foi positivo para pesos de abate e corpo vazio em todas as gerações, cabeça na quinta (1,29 kg) e sexta (1,04 kg) gerações e orelhas na quinta geração (0,17 kg). Houve efeito heterótico em ambas as gerações para rúmen-retículo e intestinos e abomaso na quinta geração. Em peso absoluto, houve efeito heterótico para coração, pulmões, rins e baço (0,14; 0,11; 0,55 e 0,16 kg, respectivamente) na quinta geração e para pulmões (0,61 kg) na sexta geração. O efeito heterótico foi positivo para gorduras renal, do coração e do trato digestório em ambas as gerações e gordura inguinal na sexta geração. Em relação ao peso de corpo vazio, houve efeito heterótico para couro, em ambas as gerações, orelhas na quinta geração e gordura de coração e sangue, na sexta geração. Novilhos cruzados apresentam maiores pesos dos diferentes conjuntos dos componentes externos à carcaça em relação a animais definidos das raças Charolês e Nelore.
Biblioteca responsável: BR68.1