Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

LESÕES ASSOCIADAS À LAMINITE SUBCLÍNICA E EXAME RADIOGRÁFICO DIGITAL EM VACAS DA RAÇA HOLANDÊS NO PERÍODO TRANSICIONAL

Barbosa, Antonio Amaral; Ferreira, Charles Martins; Corrêa, Márcio Nunes; Schwegler, Elizabeth; Raimondo, Raquel Fraga e Silva; Pino, Francisco Augusto Burkert Del.
Ci. Anim. bras.; 17(4)2016.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-745189

Resumo

Abstract Subclinical laminitis has been responsible for economic losses in dairy industry; thus, its diagnostic is very important to prevent negative responses to milk production industry. The aim of this study was to identify lesions associated with subclinical laminitis during the transition period with presence or absence of radiographic signs linked to this disease in Holstein cows. The cows were evaluated during the transition period and categorized into two groups (with and without laminitis) according to the lesions associated with this subclinical disease. The radiological dynamic was performed in two target points during the transition period (prepartum and postpartum), with the objective of determining capsular position possible alterations and third phalanx bone degeneration (F3). There was no effect of the presence of lesions associated with subclinical laminitis regarding the position of the third phalanx to the hoof wall (p>0.05). Significant radiographic angular differences (p 0.05) between F3 and the hoof wall were observed between the lateral and medial nails of the same digit, but not within groups (p>0.05). Overall, this study did not show radiographic signs of phalangeal misalignment in the hoof of dairy cows with lesions associated with subclinical laminitis during the transition period.
Resumo A laminite subclínica é responsável por grandes prejuízos na pecuária leiteira, sendo o seu diagnóstico de grande relevância para evitar reflexos negativos na produção. Portanto, o objetivo deste trabalho foi relacionar lesões associadas à laminite subclínica no período de transição de vacas da raça Holandês com a ocorrência ou não de sinais radiográficos vinculados a essa enfermidade. As vacas foram avaliadas durante o período de transição e divididas em dois grupos (com e sem sinais de laminite subclínica) de acordo com as lesões associadas a essa enfermidade subclínica. A dinâmica radiológica foi realizada em dois momentos durante o período de transição, com o propósito de determinar possíveis alterações de posicionamento capsular e degeneração óssea da terceira falange (F3). Não foram observados efeitos da presença de lesões associadas à laminite subclínica frente ao posicionamento da terceira falange à cápsula do casco (p>0,05). Diferenças radiográficas significativas (p 0,05) angulares entre a F3 e a cápsula do casco foram observadas entre as unhas lateral e medial do mesmo dígito, mas não entre grupos (p>0,05). Assim, neste estudo, vacas leiteiras no período de transição com lesões associadas à laminite subclínica não apresentaram sinais radiográficos de desalinhamento falangeano ao estojo córneo digital.
Biblioteca responsável: BR68.1